Programa Jovem Monitor/a Cultural tem inscrições abertas até 30/6
7 de junho de 2019

Violência na escola x Escola como rede de afeto: conheça a história de Henrique Vieira

A partir de um relato pessoal e delicado, o pastor e teólogo Henrique Vieira revela como entende a escola – e qual foi o papel dela na sua vida. 
 
No fim do segundo ano do ensino médio, Vieira foi diagnosticado com neurite óptica bilateral, uma doença que quase o deixou cego. “Eu lembro de chorar em casa dizendo para minha mãe que eu não queria mais estudar, eu estava muito triste em função da baixa visual, dos exames, do tratamento”. 
 
Foi quando a experiência de estudar ganhou um significado muito além da simples aquisição de conteúdos. “A escola foi um fator que me ajudou a passar por aquela experiência muito difícil na minha vida”, diz.
 
Veja o relato completo: 

 

E para você, como é a sua escola? E como você gostaria que ela fosse? Deixe seu relato nos comentários! 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *