Associação Nacional Reggae conta como foi defender o Parque Chácara do Jockey de SP

Nosso formador Rogê Carnaval conversou com Pedro Comuna, historiador, radialista e diretor da Associação Nacional Reggae, que reúne uma rede de diferentes coletivos, bandas e artistas da cultura rastafari. 

Pedro, que apresenta o programa de rádio “Já Regou Suas Plantas?” todas as terças na Rádio Brasil Atual, explica que, além de ser um espaço de cultura, a associação também atua em outras áreas afins com o universo do reggae, inclusive atuando em políticas públicas e, assim, participou da defesa do Parque Chácara do Jockey, na região do Butantã, zona oeste da capital paulista. 

Veja abaixo os trechos dessa conversa, que fala de música, engajamento e cidadania: 

Por que o Reggae é música de periferia no Brasil?
A Associação Nacional Reggae e o movimento do Parque Chácara do Jockey: 

Os movimentos sociais na luta contra a segregação do espaço urbano: 

Qual o papel da educação no processo de disputa do direito à cidade?

Veja também:

Uma conversa no parque – Associação de Moradores defendem direito à cidade

2 comentários

  1. Francisco Eduardo Bodião em 5 de março de 2020 às 18:20

    Grande educador, ambientalista e lutador do Butantã! O Pedro tem colaborado muito e tem um papel importantíssimo, junto com a Associação Nacional Reggae, na defesa do Meio Ambiente e de Direitos Humanos em nossa região. Gratidão e orgulho desse amigo e referência!Parabéns pela entrevista Rogê!

    • Respeitar É Preciso! em 10 de março de 2020 às 10:56

      Com certeza, Chicão! Muito importante ouvir o Pedro!

Deixe um Comentário