Skip to content

Educador do Respeitar conversa sobre o massacre de Suzano

Nesta sexta-feira (15) o historiador e educador do projeto Respeitar é Preciso!, Rogê Carnaval, conversou com Marilu Cabañas, no Jornal Brasil Atual, sobre o Massacre de Suzano – e como não há um plano de prevenção da violência nas escolas. 

Ao lado de Maria Julia Oliveira Rodrigues do Nascimento, diretora da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (UPES) e Maria Eduarda Antonowitz, estudante secundarista da Escola Estadual Caetano de Campos da Consolação e integrante da União da Juventude Socialista (UJS), Rogê foi enfático quanto a necessidade de mantermos as escolas integradas à sociedade como forma de prevenir a violência: “A escola é um espaço de acolhimento, de reflexão, de diversidade. A gente não pode abrir mão disso. Então tem gente já falando ‘o problema era o portão da escola estar aberto… não, não é!'”, afirma.

Ouça abaixo a entrevista de completa de Rogê Carnaval ao Jornal Brasil Atual:

Deixe um Comentário





Copy link