Histórias para conhecer – infância e adolescência no audiovisual

10 de dezembro de 2019

Por Celinha Nascimento *

Desde os contos de fada, e ainda antes, buscou-se retratar a infância e adolescência e com elas estabelecer pontes de diálogo, seja na ficção ou no formato memorial.

Sabemos que existem muitas infâncias e muitas adolescências, sendo impossível termos um perfil dessa faixa etária que abarque crianças de todo o mundo. Assim também não podemos falar em crianças brasileiras sem lembrar das enormes diferenças territoriais que as marcam e diferenciam.

Existem os Meninos Maluquinhos e os Que se alimentam de luz no Brejo da Cruz. Temos aqui algumas Alices, algumas Pippi Meialonga, ali Cazuzas e Monica e Cebolinhas, alguns Pixotes, Laranjinhas e alguns Lucas Silva e Silva e moradores do Prédio Azul.

Esse esforço sempre teve lugar na literatura, no cinema, no teatro e mais
recentemente na propaganda e nas redes sociais. O audiovisual vem se firmando como uma importante ferramenta de discussão das diversas infâncias. As exibições nas escolas permitem rodas de conversa, debates, ilustração e disparador de temas urgentes.

A pequena lista que preparamos é um recorte na produção mais recente que traz os temas das infâncias e adolescências e seus direitos. Ou a negação deles, como vemos com mais força nos títulos escolhidos. Por isso, obras de ficção estão em menor número.

Nossa escolha recaiu sobre produções que dialogam com o tema da Campanha sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, sobre os grandes dramas que vivem as infâncias menos assistidas que exigem um olhar cada vez mais atento e um cuidado redobrado de toda a Rede de Proteção.


Conselho Tutelar cartaz de divulgação do filme conselho tutelar dois atores em pé
Série de TV
Criadores: Marco Borges e Carlos de Andrade
Diretor: Rudi Lagemann
Elenco:  Roberto Bomtempo,  Paulo Vilela, Paulo Gorgulho, Petrônio Gontijo, Gaby Haviaras, Andréa Neves, Cássia Linhares, Dudu Varello.

Criada por Marco Borges e Carlos de Andrade, conta com direção de  Rudi Lagemann , com roteiros de Marco Borges, Bruno Passeri, Mariana Vielmond, Cris Gomes e Bosco Brasil, sendo produzida por Carlos de Andrade e com direção de produção de José Domingos Savelli. 

Conselho Tutelar é uma série corajosa, provavelmente a primeira a se debruçar sobre o cotidiano dos conselheiros. Numa metrópole da América Latina, um grupo de agentes é eleito para proteger e defender os direitos de crianças e adolescentes, acabando por se dedicar a fazer cumprir a lei muito além do seu dever. Além da burocracia excessiva, das condições de trabalho precárias e dos interesses políticos que obstruem seus procedimentos, eles devem enfrentar os perigos do trabalho, bem como
os desafios de suas vidas privadas.

A série retrata o dia a dia do experiente conselheiro tutelar Sereno, e de seu recém formado assistente César, que passam pelas mais difíceis situações para resgatar e proteger crianças que sofrem abusos, agressões e outras formas de violência. Assim a sinopse oficial define a série que tem Roberto Bomtempo como ator principal na pele de Sereno e conta ainda com elenco de grandeza de nomes reconhecidos como Paulo Gorgulho, Paulo Vilela e Petrônio Gontijo.

O cotidiano extremamente complexo de crianças, adolescentes e suas famílias é retratado sem filtro nas três temporadas. Justiça, responsabilidade, polícia e política se misturam nos dramas retratados com crítica e afeto. Infelizmente já não está mais em cartaz, mas é possível encontrar no youtube.


Juízo foto de menor de idade com cabeça raspada e uma tarja preta nos olhos
Documentário
Direção: Maria Augusta Ramos
Elenco: atores desconhecidos
Brasil, 2008

O documentário Juízo acompanha a trajetória de jovens pobres com menos de 18 anos de idade diante da lei, entre o instante da prisão e o do julgamento por roubo, tráfico, homicídio. Com sequências filmadas em audiências reais e durante visitas ao Instituto Padre Severino, local de reclusão dos menores infratores, as imagens revelam as conseqüências de uma sociedade que manda os filhos ter “juízo”, mas não o pratica.

Deste filme, selecionamos alguns trechos que utilizamos em nosso curso Respeitar é Preciso! 2019. O Juízo está disponível no Youtube: 


Quando a casa é a rua cena do documentário quando a casa é a rua com criança dormindo no chão no rio de janeiro
Documentário
Direção: Thereza Jessouroun
Brasil, 2012

O que leva crianças e jovens a viver na rua? O documentário procura responder a essa pergunta com depoimentos e imagens cotidianas de jovens que cresceram nas ruas da Cidade do México e do Rio de Janeiro. Quando a casa é a rua está disponível no Youtube: 


Anjos do sol cartaz do filme anjos do sol com meninas paradas em fila com cara de tristeza
Longa-metragem
Direção: Rudi Lagemannn
Brasil, 2006

Anjos do Sol trata sobre a exploração sexual comercial de crianças e adolescentes. Ganhou prêmios importantes e tem no elenco, feras do cinema Antonio Calloni, Vera Holtz, Chico Diaz, Roberta Santiago, Otávio Augusto, Mary Sheyla, Darlene Glória (no papel da cafetina Vera), Bianca Comparato e a estreante Fernanda Carvalho, a protagonista, que tinha apenas onze anos na época das filmagens. O filme está disponível no Youtube: 


Carreto (2009) carreto
Direção: Cláudio Marques, Marilia Hughes Guerreiro
Elenco: Edna Bulcão, Ronaldo Batista dos Santos, Stephanie Vitória
O curta-metragem apresenta a história de Tinho, menino que trabalha recolhendo mariscos e caju no Nordeste do país, uma das tristes vítimas do trabalho infantil. Disponível no Porta Curtas


Filmes da plataforma Videocamp

A plataforma Videocamp tem em sua lista documentários, animações e curtas de altíssima qualidade. Dedicada às discussões urgentes sobre Direitos Humanos, a exibição é gratuita apenas necessitando inscrição
da instituição. Do Videocamp, utilizamos trechos do excelente “Eleições” em nosso Curso EDH – Desafios Contemporâneos. Selecionamos alguns filmes dentre uma grande e boa lista da plataforma:

Sonhos (2013)
Direção: Haroldo Borges
O filme é sobre um garoto que deseja fugir da escola e que precisa aprender a crescer.

Menine (2018)
Direção: Rafael Caldo
Leonardo é um menino que não se identifica como garoto precisará lutar muito por seus direitos.

Relatos do front (2018)
Direção: Renato Martins
Filme sobre segurança pública no Rio de Janeiro, busca ouvir quem sofreu a violência como as mães que perderam seus filhos.

Ferrugem (2018)
Aly Muritiba
Importantíssimo filme sobre os perigos da exposição do mundo virtual e redes sociais. 


Temos, então, várias narrativas sobre personagens que certamente cruzam nossos caminhos e que, muitas vezes, passam invisíveis. Vamos exibi-los e aprender com seus cotidianos e continuar lutando por uma sociedade mais justa para crianças e adolescentes e aprimoramento da Rede de Proteção que se faz tão urgente.

* Mestre em Literatura Brasileira pela USP, Graduada em Meio Ambiente e Política Social, Celinha Nascimento é formadora do projeto Respeitar é Preciso!. Há anos coordena, assessora e é articuladora de projetos sociais, literários e ambientais em instituições públicas e privadas. Esteve em sala de aula durante muitos anos e milita sem descanso.

Deixe um Comentário