Tarefa 6 – Curso REP! – Yonara de melo silva

Data

7 de agosto de 2020

Cursista

Yonara de melo silva

Função

Professora

DRE / Unidade Educacional

Penha

Escola

EMEI Rafael Tobias de Aguiar

Reconstrução do Projeto Político Pedagógico.

Justificativa

Este período de afastamento tanto das crianças como de todos os funcionários da Unidade Escolar, deixou claro que o nosso Projeto Político Pedagógico não expressa as reais necessidades da comunidade escolar, uma vez que não ocorreu nenhum tipo de articulação com os demais espaços do bairro (comércios,  associações, famílias e etc.), durante o contato com as famílias as principais preocupações apresentadas por elas  estavam  ligadas as política públicas como cartão merenda, cesta básica  e o  cartão do uniforme, em nenhum momento buscaram apoio na escola para a efetivação destes direitos, ficamos sem informações de como está sendo esta fase, realmente estamos cumprindo um verdadeiro distanciamento entre escola e comunidade.

A baixa participação nas propostas do Classroom também é significativa, mas como não realizamos um mapeamento da comunidade não temos os dados referentes a esta falta de adesão.

Diante desta situação foi possível refletir sobre a importância da construção de um Projeto Político Pedagógico de forma participativa e democrática, na qual as famílias sintam- se pertencentes e ativas neste território, onde a escola se faça de forma significativa e presente.

Nesta perspectiva, o primeiro passo para o início de uma Educação em Direitos Humanos será propor a revisão do Projeto Político Pedagógico, de forma coletiva e participativa e se for necessário a elaboração em conjunto das alterações.

Objetivos

  • Fomentar a articulação entre a Unidade de Ensino e seus espaços;
  • Estimular os princípios de Educação Integral;
  • Propor a construção coletiva da identidade da Unidade;
  • Mapear a comunidade escolar;
  • Incluir a escola no cotidiano dos seus territórios.
  • Estimular o sentimento de pertença dos membros da comunidade à escola;
  • Promover a escuta das famílias;
  • Promover a participação das famílias, crianças, profissionais da educação e comunidade escolar na reconstrução do Projeto Político Pedagógico;

    Tempo de duração:

    • 3 meses

    Desenvolvimento:

     

    • O trabalho irá iniciar primeiramente envolvendo todos os profissionais da unidade, por meio da leitura de textos e vídeos que falem sobre o tema: O que é um Projeto Político Pedagógico?
    • Vídeo da professora Ilma Passos Alencastro Veiga Pós doutora em Educação pela Universidade de Campinas, pesquisadora associada sênior da Universidade de Brasília e professora do Centro Universitário de Brasília https://www.youtube.com/watch?v=k_I6M3lW6ss embasa muito bem a teoria de construção do Projeto Político Pedagógico.
    • Propor o encontro com outros profissionais que fale sobre o tema para conversar com a equipe, e a partir destes disparadores iniciaremos um diagnóstico dos principais problemas da unidade.
    • Nos grupos de estudo podemos também propor a pesquisa do contexto histórico da construção do Projeto Político Pedagógico.
    • No encontro seguinte com os profissionais da escola, após eles terem terminado o diagnóstico dos problemas da escola, o grupo irá organizar um cronograma para o encontro com a comunidade escolar;

    Após o diagnóstico realizado pelos profissionais, a proposta será envolver as famílias neste mesmo objetivo diagnosticar quais os problemas da nossa escola e quais seriam as soluções. Para isso iremos convidá-los para um encontro organizado pelos profissionais da escola, que irão direcionar o trabalho da forma como acharem melhor, com o objetivo de diagnosticar quais os problemas da Unidade e as possíveis soluções.

  • Em um próximo encontro os profissionais da escola irão analisar e comparar se os problemas apresentados pelas famílias são os mesmos citados pela equipe, para organizar estas informações em forma de tabela cartaz ou apresentação digital.
  • Realização de algumas pesquisas com o público da Unidade, como por exemplo, qual o melhor dia e horário para o encontro com as famílias. Quais são as pessoas que moram na mesma casa que a criança. Quando a criança está impossibilitada de frequentar a escola quem fica com a criança. Qual o principal meio de comunicação utilizado pela família. Quais as redes sociais que a família participa e assim por diante.
  • Famílias e crianças opinarem sobre as festas, funcionamento da escola e seus espaços.
  • Discutir as normas da escola.
  • Em um encontro com toda a comunidade participante e funcionários da escola, estas informações serão apresentadas para que possamos organizar as principais estratégias, para que seja possível programar as principais mudanças necessárias com vista às soluções apresentadas.
  • Por fim com base em todos estes materiais e pesquisa os professores irão começar a reestruturar o PPP, retratando a realidade da escola com o objetivo de se fazer presente neste território de forma significativa e contextualizada.

    Avaliação:

    • A avaliação será realizada durante o ano todo a partir da observação da mudança de comportamento na realização das propostas realizadas pelos professores, que a partir do momento desta reestruturação deve caminhar para propostas que atendam as necessidades da comunidade escolar;
    • Acompanhar a participação das famílias na realização dos projetos realizados pela escola, assim como também na colaboração com ideias e execução de atividades.

    Procurei elaborar a proposta dentro do contexto que a Educação em Direitos humanos não serve para solucionar conflitos quando eles acontecem, mas procurar caminhos para que eles possam ser evitados em uma proporção maior, pois os conflitos são necessários para que algumas reflexões sejam realizadas.