Tarefa 6 – Curso REP! – Viviane Cabral Martins

Data

31 de julho de 2020

Cursista

Viviane Cabral Martins

Função

Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I

DRE / Unidade Educacional

São Mateus

Escola

Emei Felipe D'Oliveira

Proposta de Ação em Educação em Direitos Humanos

Curso: Respeitar é preciso! A educação em direitos humanos e as comissões de mediação de conflitos.

Professora Responsável: Viviane Cabral Martins

RF: 805.575.1  Vínculo 1 e 2

Tema: Descobrindo a Educação em Direitos Humanos

Público Alvo / Protagonistas: Crianças, familiares, equipe escolar.

Agrupamentos: Infantil I e Infantil II – Crianças de 4 e 5 anos da EMEI.

Duração: O ano todo

Justificativa:

Uma CULTURA DE PAZ, passa pela abordagem através do diálogo e da escuta, ouvir o outro, se colocar no lugar do outro. A palavra é a chave para que todos possam se entender e conviver.

A paz é uma busca constante, que esbarra no respeito e na liberdade do outro, sem que isso afete a minha liberdade, concentra-se no RESPEITO, na TOLERÂNCIA.

Durante o curso, falou-se muito sobre o dialogo e sobre a escuta, elementos fundamentais da Educação Infantil, sendo assim este projeto busca por meio desses elementos e por meio da ludicidade, contribuir para a formação cidadão e de direitos dos nossos pequenos.

A Infância é a fase da construção da identidade e da ideia positiva de si, são nos momentos de brincadeira que as crianças aprendem a dividir, compartilhar, a conviver e entender regras de convivência, portanto falar de Educação em direitos Humanos é fundamental nesta fase da vida.

Finalidade: Por ser uma unidade de educação infantil, nossas ações serão de cunho lúdico, voltadas a garantir aos nossos alunos a vivencia da cultura da paz, do respeito, da solidariedade e do convívio em harmonia.

Objetivos:

Objetivo Geral: Proporcionar aos alunos e a comunidade escolar que vivenciem situações no cotidiano escolar, que promovam a construção das relações de amizade, respeito, partilha e dialogo.

Objetivos específicos:

· Propiciar o desenvolvimento de valores fundamentais à formação humana e a cultura de paz;

· Oportunizar a criança diferentes situações lúdicas, para que através da convivência em grupo possa desenvolver a sociabilidade, autonomia, cooperação, respeito, solidariedade e partilha;

· Estimular atitudes de respeito pelos outros e pelo ambiente;

· Oportunizar brincadeiras e jogos que possibilite a criança demonstrar atitudes de amizade, cooperação e respeito;

· Incentivar a criança a expressar seu ponto de vista com clareza e autonomia;

· Compreender a necessidade de conviver com as pessoas, adotando atitudes de respeito;

· Aproximar a comunidade escolar de nossas vivências, promovendo a noção de auto pertencimento;

· Promover a escuta e o diálogo entre crianças, equipe escolar e famílias;

· Praticar o lugar de fala na infância;

· Tomar decisões em grupo visando o bem comum.

Metodologia / Ações previstas:

Dentre nossas ações estão: jogos cooperativos, coletivos, leituras de livros infantis com a temática, apresentações teatrais, sessões de cinema, contação de histórias, rodas de música, rodas de conversa, palestras com os pais, dia da família na escola com Oficinas , registros gráficos por meio do desenho, pintura, colagem, esculturas, tomada de decisões coletivas como na compra de brinquedos e materiais, escolha de livros, das propostas para o dia. Construção do Grêmio infantil e Assembleias.

Ao longo do ano faremos uso de diversos livros como:

· Coleção O mundinho: O mundinho de boas atitudes; O mundinho trabalhando valores; Um mundinho de paz; O mundinho sem bullying ( Autora: Ingrid Biesemeyer Bellinghausen );

· Coleção Valores Para A Vida Toda (Cristina Klein);

· Tudo bem ser diferente (Todd Parr);

· O Mundo no Black Power de Tayo (Kiusam de Oliveira).

Sugestões de vídeos animados – Youtube:

· A ilha dos sentimentos (varal de histórias);

· Direitos Humanos (Canal Charlotte);

· Normal é ser diferente (Canal grandes pequeninos)

Atividades que já realizamos na Unidade com nossos alunos:

Promovemos a escuta das crianças por meio de rodas de conversa e votações para a eleição dos desenhos que identificarão as portas dos banheiros e da aquisição de novos brinquedos para o parque de areia. Embora sejam crianças de 4 e 5 anos, eles demonstraram grande interesse em participar de todas as nossas ações, em especial, estão construindo o sentimento de pertencimento ao espaço educacional o que tem garantido a todos uma vivencia mais harmônica, solidária e zelosa pelo espaço.

Avaliação: Será de modo contínuo, por meio de registros dos observáveis ao longo do desenvolvimento das propostas pedagógicas.

Nos momentos com as famílias como: Oficinas, dias das famílias, reuniões diversas e no dia-a-dia da Unidade, serão expostos em murais e pelos corredores da EMEI, as marcas de nossos pequenos, evidenciando suas aprendizagens e suas impressões sensíveis.

Como parte da Avaliação da Educação Infantil, faremos registros por meio de fotos, falas, que ajudarão a compor a documentação pedagógica e os relatórios de desenvolvimento semestrais, que serão em momento oportuno apresentado as famílias.

O projeto, assim como todas as ações dos espaços educativos, será flexível e caminhará conforme as crianças forem se apresentando e trazendo elementos.