Tarefa 6 – Curso REP! – Vanessa Guimarães Costa

Data

1 de agosto de 2020

Cursista

Vanessa Guimarães Costa

Função

Prof Ed Inf e Ens Fund I

DRE / Unidade Educacional

São Miguel Paulista

Escola

EMEI Maria da Conceição Vieira Pereira

Igualdade de gênero na infância

Justificativa

Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgados em 2015 a cada 11 minutos, uma mulher é violentada no Brasil, totalizando cerca de 50 mil registros por ano. Porém, estimativas mostram que são registradas apenas 10% destas agressões, o que sugere que o País oculta até 500 mil estupros por ano.

Sendo assim acreditamos que a cultura do machismo e a violência contra a mulher podem ser diminuídas por meio de urgentes processos educativos já na educação infantil.

Quais organizações da UE estarão envolvidas como protagonistas

Conselho Mirim, Conselho Escolar e APM

Finalidade

Pensar a educação numa perspectiva mais ampla onde ainda temos uma pedagogia voltada para uma diferenciação prejudicial entre meninos e meninas.

Objetivos/Resultados esperados  

Levar toda comunidade escolar a questionar hábitos machistas e patriarcais, mudança nos comportamentos de incentivo a desigualdade de gêneros e educar nossas crianças para a igualdade.

Duração

Durante dois anos letivos que é o tempo que os alunos frequentam a EMEI

Ações

  • Através de atividades levar nossas crianças e a comunidade escolar a refletir sobre o tratamento desigual entre meninos e meninas.
  • Utilizar a temática anti-machista nas rodas de conversas, contação de história, teatro, dinâmicas.
  • Promover brincadeiras que incentivem a igualdade de gêneros,
  • Visitas no território em torno da UE de comércios culturalmente pré definidos como de homens e mulheres como por exemplo Barbearia, salão de beleza, cozinha de restaurantes, oficinas mecânicas etc. Tentando mostrar que as oportunidades podem ser iguais para meninos e meninas no mundo do trabalho.
  • Promover durante reuniões de pais, reuniões de conselhos e APM momento de formação com vídeos, textos, discussões sobre o papel da família na educação por uma igualdade de gênero desde a infância, conscientizado sobre o seu importante papel neste sentido.
  • Expor nas redes sociais oficiais da UE as produções das crianças sobre o projeto (desenhos, falas, comportamentos de igualdade, encenações teatrais, etc)
  • Promover momentos de formação para todos educadores da escola para que se tornem incentivadores de comportamentos de igualdade.

Avaliação

Observação da conscientização durante rotina escolar e expressões de toda comunidade escolar.