Tarefa 6 – Curso REP! – Vanessa dos Santos Reboucas

Data

3 de agosto de 2020

Cursista

Vanessa dos Santos Reboucas

Função

PEI/ Assistente de Diretor

DRE / Unidade Educacional

Freguesia do Ó / Brasilândia

Escola

CEI Ermano Marchetti

 

PROPOSTA DE AÇÃO

 

Justificativa:

A equipe do CEI Guilherme Henrique Pinto Coelho, entende que o lixo deve ser descartado corretamente, evitando assim, doenças como dengue, leptospirose, além de bichos invadindo as casas e Unidade Escolar. O lixo é um problema de todos, que não deve ser  tratado com descaso pelas pessoas, pois causa poluição, trazendo enchentes, portanto não pode ser esquecido pelas pessoas.

A Unidade Escolar está localizada em uma Comunidade onde existe uma área de invasão, que muitos moradores não têm muitas condições social, também temos por perto uma COHAB. Muitos dos Moradores descartam seus lixos na porta do CEI. Diante desse problema, buscamos soluções com a comunidade escolar e com a própria comunidade.

Organizações envolvidas:

Conselho de Escola, UBS Vila Espanhola, CADES, SUAME, Empresa Limpa São Paulo, Conselho do Meio Ambiente e Subprefeitura Casa Verde.

 

Finalidade:

A presente proposta tem por finalidade conscientizar toda a comunidade quanto aos riscos de descarte irregular de lixo. Mostrar as doenças que podem trazer às crianças que frequentam a Unidade Escolar e são tão pequenas ( 0-3 anos).  Informar que o espaço público é de uso coletivo e que todos devem zelar por eles.

Todos tem direito ao saneamento básico , portanto devemos exigir que eles sempre cumpridos.

Objetivos/Resultados esperados:

Essa proposta  tem como objetivo conscientizar da importância do correto descarte do lixo.

Duração:

A duração da proposta deve ser  a principio por 6 meses, mas ela deve ser retomada sempre que necessário.

 

Ações necessárias:

A proposta está sendo realizada em diversos momentos sendo eles:

– Em reuniões de pais, conscientizando sobre o tema.

– Por comunicados via agenda escolar.

– No dia 14 de fevereiro de 2020, realizamos uma ação de revitalização da calçada do CEI , para tentarmos que o descarte pare. Contamos com a ajuda de diversas  entidades ( UBS Vila Espanhola, CADES, SUAME, Empresa Limpa São Paulo, Conselho do Meio Ambiente e Subprefeitura Casa Verde). Foi um dia muito proveitoso , onde as crianças de 3 anos, ajudaram no plantio de mudas. Contamos com a visita do subprefeito, além dos agentes de saúde entregarem panfletos  sobre doenças.

Por duas semanas o lixo deixou de ser descartado em nossa porta, porém voltou. Logo veio a pandemia e iremos retomar essa proposta com novas ações para tentarmos que essa situação seja resolvida.  Novamente pediremos ajuda aos órgãos que nos ajudaram ( Subprefeitura, Associação de Moradores), pois acreditamos que as parcerias são essências. Acreditamos que será necessária a instalação de uma lixeira comunitária.

 

Avaliação:

A proposta realizada foi bem positiva, mas acredito que conforme aprendi no curso será necessário um mapeamento  do bairro, através de perguntas aos pais, ou até mesmo com possíveis visitas para entender o local que a família está inserida e o porque dos descartes de lixo.

 

 

 

 

 

 

Antes e Depois da Ação no CEI Guilherme Henrique Pinto Coelho