Tarefa 6 – Curso REP! – Thaís de Oliveira Guerra Barbosa

Data

6 de agosto de 2020

Cursista

Thaís de Oliveira Guerra Barbosa

Função

Diretor de Escola

DRE / Unidade Educacional

Capela do Socorro

Escola

EMEF Olegário Mariano

Projeto: Acolhimento na Pandemia – Cuidando de quem cuida

Objetivo geral
Fortalecer as relações interpessoais, acolher e criar espaços de escuta na pandemia.

Objetivos específicos
– Para os gestores: Acolher a comunidade escolar através da escuta e diálogo.
– Para os professores e funcionários: Ser acolhido para acolher os alunos e seus familiares.

 – Para os alunos Refletir sobre a importância do respeito, de falar sobre os sentimentos e ser ouvido, e da solidariedade.

Tempo estimado
O ano todo, pós-retorno.

 

Desenvolvimento
Apresentação do Projeto
Preparar a comunidade escolar para receber o projeto organizando palestras com psicólogos, profissionais da saúde e parceiros.

 

 Criação de equipe de apoio
Identificar as pessoas que se interessaram pelo tema e convidá-las para dar apoio ao projeto.

 

Diagnóstico
A primeira ação do grupo é mapear o clima escolar considerando as seguintes questões: Como foi o isolamento social? Tiveram que lidar com o luto, ou com o vírus (Covid-19)? Quais foram os sentimentos diante da pandemia e o isolamento social? Como conseguiram apoio no sentido alimentar e profissional? Como foi ficar sem poder ir pra escola/trabalho? A falta de contato com familiares e amigos?

Utilizar questionários ou entrevistas com os grupos para fazer o levantamento.

Definição das ações
Para que o projeto consiga escutar efetivamente a comunidade escolar, é necessário implementar as seguintes ações:
Escuta coletiva: Momento no qual os espaços de escuta ocorrem coletivamente, com o acompanhamento do gestor ou parceiros.
Professor: Fazer acolhimentos individuais com o aluno que apresenta dificuldades sociais ou emocionais.

Escolha dos participantes
Os mediadores podem ser indicados ou eleitos pela própria equipe. O importante é ter claro que para assumir esse papel a pessoa deve ter empatia, ser paciente, respeitoso e solidário.

Formação
A capacitação da equipe pode ser feita pelo NAAPA, UBS, CAPS, organizações não governamentais e entidades parceiras. A orientação, contudo, fica a cargo da equipe de gestão.

 

Implantação do Projeto
A equipe de apoio poderá pensar em maneiras de divulgar o projeto em blogs, Facebook, Whatsapp, mural etc.

Avaliação
A equipe de apoio e os participantes devem discutir sobre a importância desse acolhimento e escuta, refletindo sobre os benefícios que o Projeto trouxe para todos os envolvidos.