Tarefa 6 – Curso REP! – Rosangela Soares de Lima

Data

7 de agosto de 2020

Cursista

Rosangela Soares de Lima

Função

professor de Ed.Inf. e Ens. fund. I

DRE / Unidade Educacional

Capela do Socorro

Escola

EMEF Plínio Marcos

Local: Na escola

Tema: ‘’Mediação de conflitos’’ e ‘’Respeito mútuo ‘’

Grupo  de trabalho: Comissão de mediação de conflitos e grupo docente

Justificativa:

Neste momento, com a retomada das pessoas às suas atividades , perante a realidade enfrentada pela pandemia  , percebe-se uma ansiedade  nas ações das pessoas , motivada pelas  incertezas , quanto ao futuro e a própria vida .

Muitas vezes ouvimos a frase ‘’ voltar  ao novo normal’’ , com iiso , se faz  necessário definir  como será o acolhimento aos estudantes .Essa  retomada  deverá ser humanizada e atenta às necessidades ao qual   cada criança apresentar .

Também é  importante lembrar da   ‘’Portaria nº 2.974, de 12 de abril de 2016’’, se dispõe sobre a implantação e implementação da Comissão de Mediação de Conflitos – CMC nas Unidades Educacionais da Rede Municipal de Ensino, prevista na Lei nº 16.134/2015, regulamentada pelo Decreto nº 56.560/2015.O que orienta e colabora com o desenvolvimento do trabalho , com esse tema .

 

Objetivo :

Construir com grupo discente e  docente ,momentos de reflexão e discussão , com intuito de prevenir  e mediar conflitos ,  envolvendo toda comunidade escolar em prol de um bem comum: liberdade de expressão e respeito mútuo .

 

Procedimento :

Em concordância com os projetos e demais eventos , construídos  pela gestão democrática , e conforme a demanda de problemas ou conflitos , indicada e mapeada  na  comissão de mediadores  de conflito ; elaborar reuniões para estimular o diálogo , dentro de condições que envolvam a escuta e tomada de decisões .Tendo assim, a  clareza de envolver todos  da comunidade escolar , nessa ação ;  se possível outros colegas de sala  e funcionários que possam contribuir com experiências e  com apoio à  escuta  atenta e reflexiva   .

 

Período de reuniões :

Desenvolvida no decorrer do ano ,sendo realizada uma vez por semana , dentro  da organização dos  professores e necessidade do ambiente de estudo da sala .Organizando assim  , momentos de ‘’fala’’ e ‘’escuta’’ ( diálogo crítico ,  de  modo reflexivo e respeitoso ), com a duração mínima de uma hora/aula.

Avaliação:

Desse momento, gerar relatórios ou gráficos , para que  as ocorrências dos fatos sejam acompanhados , com intuito de documentar , mapear e prevenir ;futuros conflitos .

*Lembrando que esse  registro precisaria ser adequado , com o grau de entendimento e maturidade , referente a idade e ao  ano/ciclo, do grupo de estudantes .

 

Conclusão :

Dessa forma espera-se que se   construa um novo olhar  , na integração  no desenvolvimento  da responsabilidade  e nas  ações pertinentes e referente a ideia de  cidadania ; com altruísmo e respeito mútuo , zelando por ambiente que possa gerar a escuta e parceria entre a  comunidade e  a escola .

Colaborando assim com o desenvolvimento integral do estudante  , preparando-o  para vida em sociedade. De modo crítico , reflexivo e transformador.

(Rosãngela Soares de Lima)