Tarefa 6 – Curso REP! – Rosana Nascimento de Sousa

Data

5 de agosto de 2020

Cursista

Rosana Nascimento de Sousa

Função

Professora de educação infantil e ensino fundamental I

DRE / Unidade Educacional

São Mateus

Escola

EMEF Vinícius de Moraes

 

Movimento: Semana de Educação Especial, na Perspectiva da Educação Inclusiva.

Professora: Rosana Nascimento de Sousa RF8244171

A semana aconteceu na unidade de 30/09 a 3/10/2019, visualizando que teria a oportunidade de escrever sobre propostas que já pudessem ter sidas realizadas na unidade, imediatamente me reportei a semana que tanto foi importante para o percurso da minha unidade escolar, além de ter visto a live sobre: DIVERSIDADE E DISCRIMINAÇÃO com os formadores: Crislei Custódio e Rogê Carnaval que tanto foram excelentes em suas falas e uma fala dita pela formadora: “Quando escuta, informa a dor e a situação´´ Esse trecho propriamente também trouxe que o ambiente escolar é composto por diversas diversidades:

 Viver em um ambiente permeado pela diversidade (de idade, competência escolar, condição social, orientação sexual, cultura, origem, religião, déficit intelectual ou qualquer outro tipo de deficiência), compartilhando o mesmo espaço, as mesmas regras de convivência e os mesmos objetivos, é fator determinante para que, desde cedo, as crianças construam, com base nas situações do dia a dia, uma postura de respeito ao outro e de se fazer respeitar na igualdade de serem todos humanos.   p.41

  Com o conhecimento adquirido no curso poderíamos ter levado o caderno para discussão tanto com os discentes quanto com a comunidade escolar até mesmo para mediar conflitos que existem em relação a aceitação do público alvo da educação especial.

Justificativa:

O movimento justificou-se inicialmente para propor propostas e movimentos com base da Educação Especial e atender o calendário de SME para podemos conversar e discutir com a comunidade escolar sobre o público alvo da educação especial já que a unidade escolar temos um número considerável de estudantes com deficiência. Como Professora de Atendimento Educacional Especializado norteei as discussões do planejamento para que nossa semana fosse de grandes aprendizagens.

Quais organizações da UE foram envolvidas como protagonistas:

O grêmio foi de fundamental para acompanhar nas organizações das palestras e participar das discussões.

Finalidade:

Conversa com os funcionários, discentes e docentes sobre alguns termos em desuso e atividades de conscientização.

Objetivos traçados e alcançados:

  • Tornar como protagonistas os estudantes com deficiência;
  • Facilitar a ação do estudante e do professor;
  • Favorecer o trabalho cooperativo entre estudante, professor e amigos no processo educativo tendo como base a importância do papel da comunicação nesse processo.

Duração:

A semana aconteceu na unidade de 30/09 a 3/10/2019.

Quais foram as ações:

Conversa com os funcionários e docentes com fôlder sobre alguns termos em desuso, atividades adaptadas para vivencia de todos, cartazes informativos, apresentação do trabalho da Sala de Recursos Multifuncionais  em todas as salas e exposição dos trabalhos realizados na sala de recursos, reunião com as mães atividades adaptadas.

Avaliação:

Foi uma semana de trocas de conhecimentos e escuta de diversos pontos de vistas :Professores, funcionários, alunos com deficiência e típicos normais e responsáveis dos estudantes público alvo.

 

 

 

 

 

Foto1. Roda de história

Foto2. Estudantes conhecendo o alfabeto em braile

Foto 3. Reunião com as mamães momento de escuta receios, medos e expectativas em relação aos filhos

Foto 4 Compartilhando conhecimentos de como ser guia do deficiente visual,

Foto 5. Atividades adaptadas na aula de educação Física

Foto 6. Explicando comunicação alternativa para os estudantes e fotos do vôlei sentado.

Fôlder utilizado para discussão com os professores e funcionários no horário de JEIF