Tarefa 6 – Curso REP! – Michelle Cristina da Silva Domingos

Data

22 de julho de 2020

Cursista

Michelle Cristina da Silva Domingos

Função

Professora de educação infantil

DRE / Unidade Educacional

São Mateus

Escola

Céu Cei São Mateus

Michelle Cristina da Silva Domingos  RF 804186-5

DRE São Mateus  CEU CEI São Mateus

 

Projeto: Horta coletiva

 

Local: Área externa da Escola

 

Justificativa: A Escola é um todo, com papel fundamental na formação de cidadãos conscientes e atuantes na sociedade. Por este motivo, é de grande importância desenvolver ações educacionais que envolvam a todos, não só os docentes e estudantes. Dentro da grade curricular dos ciclos de aprendizagens, é comum ouvir sobre alimentação saudável, mas vale reforçá-lo e colocar ações em prática para que tenhamos uma vida de qualidade.

A horta, é uma oportunidade de envolver toda comunidade escolar, dentro de um processo prático de aprendizagem.

 

Envolvidos: Todos os funcionários da escola, estudantes e seus familiares.

 

Finalidade: Promover uma ação coletiva educativa, de interação onde todos os envolvidos terão papel fundamental, exercendo seus deveres e colhendo seus direitos, na verdade direitos estes, comuns a todos envolvidos.

 

Objetivos: Contar com a participação da comunidade escolar, partilhar experiencias, valorizando os processos e meios, e por fim partilhar a colheita.

 

Resultados Esperados: Que cada indivíduo se sinta respeitado ,valorizado e protagonista dentro das relações com outros e na construção da horta.

 

Desenvolvimento – Inicialmente todos serão convidados a participar de uma ação coletiva na construção de uma horta. Assim que organizados os participantes afins, serão separadas e distribuídas as etapas. Mesmo os que não puderem ou quiserem participar presencialmente, poderão colaborar a distância, doando ou emprestando ferramentas, enviando brotos, sementes, e entre outros itens que tiverem disponibilidade. A equipe da cozinha terá papel fundamental na organização de brotos, cascas e sobras de alimentos usados na preparação das refeições. Organizadas as etapas, serão atribuídas as funções. Para os estudantes da educação infantil e anos iniciais, ficará incumbido o plantio e a função de regar as mudas. Já os estudantes maiores, deverá ser atribuído aos estudantes com os mesmos critérios que os adultos. Após a construção da horta, ela deverá receber cuidados diariamente, que poderão ser atribuídos as turmas de acordo com cronograma. Nos finais de semana, feriados e demais dias com suspensão de aulas, os cuidados poderão ser atribuídos a outras pessoas da comunidade escolar. No término do ciclo, a colheita será feita em dia e horário marcado, onde os os envolvidos serão convidados a preparar junto com os estudantes uma refeição usando os produtos da horta, a ser degustada coletivamente. Caso haja produtos restantes, poderão ser distribuídos de forma igual aos participantes.

 

Avaliação: Será continua, durante o processo, possibilitando ajustes no decorrer do projeto. Os participantes serão convidados a trabalhar em grupo em prol da construção da horta, onde terão suas funções de acordo com sua habilidade, disposição de tempo, conhecimento e etc., exercendo o respeito pelo trabalho dos demais. Os resultados obtidos no termino do ciclo de plantio, não serão determinantes, mas sim os caminhos percorridos.  A avaliação será feita de forma coletiva, participativa e formativa.