Tarefa 6 – Curso REP! – LUCIANA NASCIMENTO DE CAMARGO

Data

7 de agosto de 2020

Cursista

LUCIANA NASCIMENTO DE CAMARGO

Função

Peif

DRE / Unidade Educacional

Capela do Socorro

Escola

Emei Orlando vilas boas e Emei Ângelo kreta

Tarefa do curso: Respeitar é Preciso

* TEMA:

RESPEITO MÚTUO: As falas e as escutas das crianças e os valores da diversidade, dentro da concepção de direitos humanos.

*JUSTIFICATIVA:

Sendo educadora da educação infantil, da faixa etária de crianças de 4 e 5 anos, venho denotando que  dentro do contexto das escolas, há um processo muito importante e significativo no desenvolvimento das crianças, e de fundamental importância para  o processo de valorização da diversidade das crianças. A importância das falas e escutas, focando o respeito  a diversidade e direitos humanos, foi o que me levou a estabelecer esse projeto,  E o estudo dessa temática no decorrer do curso, me inspirou mais condições de proporcionar esse momento para as nossas crianças, valorizando o processo de construção familiar, que a estrutura familiar forma um indivíduo estruturado ou não. Mas que na verdade escola contribui para que as escutas ativas sejam ouvidas e trabalhadas a partir da valorização da diversidade cultural e do respeito mútuo em relação aos direitos da humanidade. E como na educação infantil as crianças estão no afloramento e dispertar da curiosidade, assim podemos proporcionar práticas de interação e integração entre as falas e atitudes de envolvimento ativo e diálogico.

PÚBLICO ALVO:

A abordagem e o trabalho a ser desenvolvido, dar-se-á com a clientela infantil de 4 a 5 anos vida unidade de educação infantil em que atuo.

 

INTENÇÃO:

Proporcionar por meio das temáticas, trabalhos e atividades propostas, a reflexão ativa em relação à importância das escutas e das interações de respeito e acesso a direitos de ordem humana. E a partir disso, propiciar meios e recursos, onde as crianças possam adquirir repertórios de investigação, cidadania e respeito mútuo entre e perante toda a sociedade.

OBJETIVOS:

Os objetivos, a princípio, aqui norteados e estabelecidos, estão também atrelados à proposta desenvolvida só Currículo de Educação Infantil da cidade de São Paulo. Sendo que a proposta abordada se remete a de estabelecer a formação de cidadãos éticos, indivíduos responsáveis e solidários. E que por meio dessas bases, possam desenvolver o fortalecimento de uma sociedade crítica que respeite as individualidades e diversidades dentro das relações e interações estabelecidas. E essa proposta, remete ainda a intencionalidade ativa de uma sociedade inclusiva , democrática e auto afirmativa. E com isso, desenvolver  e proporcionar junto às nossas crianças;

–  Respeito;

–  Interação;

– Comunicação;

– Construção de saberes;

– Diversidade;

– Repertório cidadão;

– Integração ativa;

–  Colaboração e cooperação.

* RESULTADOS ESPERADOS:

A partir das propostas e com a participação e envolvimento das crianças no decorrer das atividades, as mesmas possam a chegar a internalizar e compreenderem a importância do respeito mútuo, da valorização dos direitos fundamentais a humanidade. E a partir desse trabalho, as crianças possam fazer as relações interativas das duas ações e a sua participação como agente ativo dentro do processo de Integração e socialização do espaço comunitário, social, familiar e escolar.

DURAÇÃO:

Essa temática e trabalho ocorrerá de forma simultânea e integrada às atividades  diárias do projeto político pedagógico da escola. E também se dará em um semestre, e em continuidade no decorrer do ano letivo, uma vez que  sempre ocorrem momentos  de interações, de práticas que envolvam o respeito mútuo, a cidadania, a diversidade de valores e culturas e o trabalho contínuo de direitos e deveres humanos, a serem desenvolvidos de forma comum e cotidiana. Além de estarmos com o trabalho de educação infantil, onde se deve respeitar o tempo, as falas e as escutas das crianças dentro do processo de aprendizagem.

AVALIAÇÃO:

A forma de avaliação na educação infantil, e por meio da observação do desenvolvimento das crianças durante o processo. Onde de acordo com a proposta curricular, deve se ter o respeito e o cuidado nas escutas e falas das crianças. Isso ocorre de forma diária, com o caráter de documentação pedagógica. E por meio dessa prática, podemos observar as ações, atitudes e o processo de conscientização deste aprendizado, pois independente da cultura, da origem, da  condição social e do gênero ou da sua formação todos devem ser respeitados em suas peculiaridades, individualidades em qualquer espaço de Integração e socialização.