Tarefa 6 – Curso REP! – Jacira Rocha da Silva

Data

7 de agosto de 2020

Cursista

Jacira Rocha da Silva

Função

Pei

DRE / Unidade Educacional

Capela do Socorro

Escola

Cei parque cocaia

PLANO DE AÇÃO

Nome do componente:

Jacira Rocha da Silva
RF: 8372730
e- mail: ([email protected])

1– JUSTIFICATIVA

Nos últimos anos as escolas vêm recebendo um  número grande de imigrantes e refugiados muitos foram obrigados a deixarem seus Países por questões religiosas, políticas e até mesmo em busca de melhores situações financeiras.

Também a escola se tornou um
dos lugares que mais tem
diversidade, e o respeito às
diferenças precisa permear no
âmbito escolar.

2 – Quais 
organizações
da UE estarão
envolvidas
como
protagonistas:

Comissão de
Mediação de
Conflito,
Conselho da
UE e APM.

3 – Finalidade para
que?

Ações de
prevenção são
essenciais para a
diminuição de
conflito.
Proporcionar um
ambiente acolhedor
e amenizar
sofrimentos.
Oportuniza a todos
conhecer um pouco
da cultura uns dos
outros, saber que
ser imigrante e
refugiado também é
um direito que deve
ser respeitado
dentro dos valores
que sustentam os
Direitos Humanos,
tais como a
dignidade humana e
a justiça.

4 – Objetivo/resultados
esperados
Novas possibilidades
prevê para
continuidade?

Contribuir para a
disseminação da cultura
de Educação em Direitos
Humanos na nossa U.E
visando à formação de
sujeitos de direito, que
respeitem e se façam
respeitar.
Contribuir para a prática
do respeito mútuo e do
respeito à diversidade
socioeconômica, cultural,
familiar, geracional, de
condição de saúde física
ou mental, de etnia,
credo, gênero,
sexualidade, origem,
entre outros, como base
da convivência e da
integração no cotidiano
escolar.
Proporcionar a cultura da
Paz.

5- Duração

Por ser ações que terá
os eventos como
ponto máximo para
atingir o maior número
da comunidade, o
projeto terá duração
de um ano podendo se
estender como projeto
permanente da  U.E o
qual outras ações
poderão ser
pensadas.

6- Quais as ações?

Primeira: escuta das
famílias e partes envolvida
para sabermos a real
situação, dificuldades,
barreiras, coleta de dados.
Amenizar a barreira da
fala: enviando bilhetes em
letra bastão (facilita
entendimento e pesquisa
dos significados).
Convidar a comunidade
escolar para troca de
experiências através de
elementos cultural
(apresentação de danças,
experimentações de
receitas, arte, música etc).

7- Avaliação

Será feita
diariamente a partir
de observações
dos comportamentos,
interações,
anotações, escuta
nas reuniões de
Conselho e APM.
As quais
conquistas serão
vistas
gradualmente.