Tarefa 6 – Curso REP! – Daiane Cristina de Sousa Minhoso

Data

6 de agosto de 2020

Cursista

Daiane Cristina de Sousa Minhoso

Função

PEI

DRE / Unidade Educacional

Capela do Socorro

Escola

CEI Yojiro Takaoka

Daiane Cristina de Sousa Minhoso

RF: 840.325-2

DRE Capela do Socorro

 

TAREFA PARA FINALIZAÇÃO DE CURSO

PROPOSTA DE ATIVIDADE: RETORNO AO NOVO NORMAL

 

Justificativa:

A educação em direitos humanos acontece por meio das interações e das vivências dos direitos vividos diariamente pelas crianças na escola. Como não é possível se falar em primeira infância sem essa interação e troca de experiências, a educação infantil possibilita a vivência do exercício de seus próprios direitos e dos direitos do outro.

O papel do professor sempre deve ser de mediador, oferecendo as crianças possibilidades do exercício de valores, aprendendo a respeitar e serem respeitadas no ambiente educativo e fora dele.

Pensando em um retorno após o isolamento social devido à pandemia pelo COVID-19, os profissionais de educação precisarão de novas práticas e novos olhares para acolher todas as necessidades, perdas e dores decorrentes ao que se foi vivido longe da escola.

 

A escola não poderá ofertar ricas vivências nesse período, visto que as medidas de proteção para esse retorno vem descaracterizar a antiga prática. Evitar o contato com o outro, não socializar os objetos, os momentos sem toque, sem sorrisos dos professores quando experimentam algo novo, as artes não poderão ser pintando o sete, as refeições não terão o mesmo cheiro e gosto de antes e esse novo vem colocando toda essência da aprendizagem em caixinhas individuais.

 

 

Público Alvo:

A ação desenvolvida será para atender todos os envolvidos, comunidade, famílias, crianças e bebês, e principalmente os profissionais da educação.

 

 

Organizações envolvidas:

APM, Conselho do CEI

 

Finalidade:

Este projeto visa auxiliar todos os envolvidos com foco nos profissionais da educação atuantes na rede municipal de São Paulo, oferecendo suporte, acolhimento e oferecer sugestões para amenizar o impacto do novo e diferente contexto histórico, político, social e econômico.

 

Objetivos Gerais

  • Priorizar as necessidades dos profissionais e prepará-los para o acolhimento das crianças
  • Amenizar os impactos causados pelo distanciamento e isolamento;
  • Ampliar o auxílio às famílias e comunidade;

 

Objetivos específicos

  • Acolher as necessidades de todos os envolvidos: família, comunidade e escola;
  • Promover ações que amenizem os impactos da pandemia e do isolamento social;
  • Auxiliar e preparar os profissionais da educação para o retorno presencial;
  • Fortalecer a relação e confiança entre escola, famílias e crianças;
  • Priorizar a escuta dos bebês e crianças;
  • Acolher as manifestações de sentimentos e auxiliar na aceitação e compreensão dos ocorridos;
  • Oferecer apoio às necessidades das famílias e comunidade;
  • Garantir a integridade das crianças;
  • Promover o despertar de valores.

 

Duração:

1 ano

 

Ações:

  • Promover encontros virtuais semanais com a equipe escolar, para diálogo e troca de vivências durante o período de isolamento;
  • Acolher as falas e com foco nas principais necessidades preparar encontros temáticos;
  • Realizar momentos de formação para reflexões embasadas nos encontros temáticos;
  • Troca de sugestões de atividades de lazer, meditação, cuidado com o corpo, mente e alimentação;
  • Criar uma equipe de apoio para agir nas causas de necessidades econômicas, auxiliando com cestas básicas, produtos de limpeza e higiene.
  • Organizar reuniões de conselho para diálogo entre escola, família e comunidade;
  • Elaborar questionário de pesquisas para as famílias colocarem a realidade do isolamento;
  • Criar estratégias de apoio com os levantamentos das pesquisas;
  • Destinar os recursos de APM para atender os grupos de apoio;
  • Orientações às famílias sobre as voltas as aulas, sobre os cuidados necessários e sobre a responsabilidade as vidas envolvidas;
  • Preparar o ambiente educacional para o acolhimento das crianças no retorno às aulas;
  • Possibilitar nas propostas de leitura, cantigas, brincadeiras, roda de conversas temas que ofereçam reflexão sobre o respeito consigo e com o próximo.

 

Avaliação:

Retomar as atividades educativas consolidando o direito a vida e suas necessidades para garantia da integridade de todos e amenizar os impactos causados pelo momento de isolamento.