Tarefa 6 – Curso REP! – Cristina Aparecida Malosti de Queiroz

Data

22 de junho de 2020

Cursista

Cristina Aparecida Malosti de Queiroz

Função

Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental

DRE / Unidade Educacional

Santo Amaro

Escola

EMEI Machado de Assis

PROJETO:  “APRENDENDO A CONVIVER”

 

 

 

Justificativa

 

Buscamos, por meio de um trabalho com valores, desenvolver um clima de harmonia entre as crianças das nossas salas de aula, abordando de forma agradável a questão do respeito e a diversidade.

Ao brincar na escola, as crianças estabelecem diferentes vínculos, realizam trocas de experiências, desenvolvem e participam de situações de interações sociais e de diferentes aprendizagens. As interações que surgem entre elas por meio do brincar favorecem o exercício da construção da convivência. Nesse sentido, pode-se dizer que o ato de brincar possibilita que a criança, aos poucos, amplie as relações sociais, aprenda a articular seus interesses pessoais com os dos demais e participe do movimento da socialização desde muito cedo, respeitando as diferenças e compreendendo as regras. Com isso, aprendem a ser mais cooperativas e solidárias.

Portanto, motivados pela curiosidade e criticidade diante do mundo, sentimos a necessidade de fazer algo e acrescentar, por meio do Projeto Valores na Educação Infantil, situações de aprendizagem em que a questão da diversidade fosse tema de conversa ou de trabalho; ir além do puro ensino de conteúdos, pela observação do que ocorre no espaço da escola; propor atividades que resgatem o sentido da espécie humana, esfacelada pelo sistema social vigente, rompendo com a segmentação da vida, com a divisão, seja ela de raça, etnia, religião ou cultura, trabalhando por igualdade, convivência harmônica em grupo, construção do coletivo e respeito às individualidades.

Trabalhar com valores implica mudança na prática pedagógica, que vai muito além da formalidade das áreas do conhecimento. É uma forma diferente de Educação, com base nas relações pessoais, na consciência de si e do outro, nas necessidades de cada um e na adequação ou não das suas atitudes, tornando a sala de aula um exercício para a vida em sociedade, com crianças conscientes da sua participação na construção de um mundo melhor.

 

 

 

 

Objetivo geral

 

Envolver crianças/as, funcionários/as e famílias/comunidade em atividades/eventos a respeito da diversidade, buscando sempre a transformação da escola em um lugar da liberdade, do respeito e da boa convivência.

 

Objetivos específicos

 

  • Valorizar ações de cooperação e solidariedade desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração e compartilhando vivências.
    •          Explorar elementos de músicas para se expressar, interagir com os outros e ampliar seu conhecimento do mundo.
  • Demonstrar empatia pelos outros, percebendo que as pessoas têm diferentes sentimentos, necessidades e maneiras de pensar e agir.
  • Agir de maneira independente, com confiança em suas capacidades, reconhecendo suas conquistas e limitações.
  • Ampliar as relações interpessoais, desenvolvendo atitudes de participação e cooperação.
  • Comunicar suas ideias e sentimentos a pessoas e grupos diversos.
  • Demonstrar valorização das características de seu corpo e respeitar as características dos outros (crianças e adultos) com os quais convive.
  • Manifestar interesse e respeito por diferentes culturas e modos de vida.
  • Usar estratégias pautadas no respeito mútuo para lidar com conflitos nas interações com crianças e adultos.

 

Desenvolvimento

 

Projetos que visem a discutir e apresentar esses valores às crianças da Educação Infantil, de maneira compreensível, podem ajudar a minimizar as manifestações de preconceito e desigualdade, alargando a visão de mundo dos elementos do grupo.
Por isso, consideramos imprescindível para o convívio em sociedade o conhecimento e a prática consciente de tais valores. Relacionamos um conjunto de atividades baseadas na sensibilização, reflexão e ação nos planos pessoal e coletivo, perpassando pelos âmbitos cognitivo, afetivo, simbólico, cultural e político-social e por uma metodologia fundamentada no saber acumulado culturalmente pela comunidade, com atividades que trabalhem a criatividade e a imaginação.

As atividades para se trabalharem valores na Educação Infantil podem ser exploradas de inúmeras maneiras: por meio de poesia, dança, cantos, histórias, cartazes, exposições, estímulo das linguagens oral e corporal, desenho, lista de palavras referentes aos valores trabalhados, pintura, painéis coletivos, apreciação de obras de arte e suas releituras.

 

1 – COMBINADOS DA SALA

Elaborar os combinados da sala com imagens que fiquem na altura dos pequenos. Sempre que puder faça uma roda e converse sobre essas atitudes com os pequenos, principalmente em momentos de conflitos.

 

2 – ÁLBUM DE FOTOS DA TURMA

Montar um álbum de fotos de momentos com a turminha e separar um momento na rotina para compartilhar essas atividades com os pequenos? Você pode deixar esse material em um cantinho da sala para que os alunos possam ter acesso.

 

3 –  HORA DE COMPARTILHAR BRINQUEDOS

Escolher um brinquedo em que mais de uma criança possa manuseá-lo e em pequenos grupos vá orientando as crianças para que brinquem em junto.

 

4 – CAIXINHAS SURPRESA COM OBJETOS PARA COMPARTILHAR

Preparar caixinhas com materiais diferentes para que os pequenos possam brincar.

Sugestões de caixinhas:

Caixa com massinhas coloridas

Caixa com livrinhos de borracha

Caixa com bichinhos de pelúcia ou borracha

Caixa com joguinhos de encaixe

Separe os grupos e os oriente para que brinquem juntos.

 

5 – PINTANDO JUNTO

Preparar tintas em bacias e pedir que os alunos pintem os pés e experimentem carimbá-lo nesse espaço? Essa atividade é muito divertida e pode ser realizada ao som de música “Pé pintor”.

 

 

6 – TRABALHANDO A IGUALDADE

Usar a história Floquinho da Noite (revista Projetos Escolares: Educação Infantil), oportunizando aos alunos o desenvolvimento da percepção de que todos somos iguais nas nossas diferenças.  Após a leitura realizaremos a roda de conversa e registraremos o relato das crianças e o desenho da história.

 

 

 

6 – MALETA VIAJANTE

 

Levar para casa a Mala com um livro de literatura infantil para ler com sua família. Além da leitura por prazer, a criança junto com a família realizará o registro através de desenho, em um caderno que também acompanha a mala, contando como foi o momento de leitura em família,

 

  • Um mundinho para todos

 

  • A Zoropéia

 

  • A borboleta e a tartaruga

 

  • A felicidade das borboletas

 

  • Flicts

 

Entre outros livros.