Tarefa 6 – Curso REP! – Ângela Oliveira da Silva

Data

3 de agosto de 2020

Cursista

Ângela Oliveira da Silva

Função

Assistente de diretor de escola

DRE / Unidade Educacional

Guaianases

Escola

EMEF Olinda Menezes Serra Vidal

TAREFA RESPEITAR É PRECISO

Justificativa:

Estamos localizados no extremo leste da cidade de São Paulo, mais precisamente Cidade Tiradentes, onde sabemos de todas as desigualdades sociais e todas as precariedades dos serviços ofertados que ficaram muito mais evidentes nesse momento de pandemia. Dito isso, esse trabalho nasceu da necessidade que encontramos em nossa Unidade Escolar de olharmos mais atentamente para todas as demandas do nosso território e colocá-las em nosso PPP.

Após várias reflexões feitas durante o curso e na observância dos comportamentos e atitudes do nosso coletivo diante de situações de conflito, um dos pontos de partida e o mais importante, foi revisitar a identidade de nossa Unidade em nosso documento e justamente nesse momento, percebemos que não estava claro para todos qual caminho percorrer, pois haviam algumas lacunas a serem preenchidas com mais fidelidade para assim, dar mais vida ao documento e mais justiça as nossas ações. Durante a pandemia, a maneira que encontramos foi através de plataformas virtuais e do envolvimento dos alunos através do Grêmio Estudantil e também do Conselho de Escola.

No entanto, precisávamos pensar que escola gostaríamos de entregar aos nossos alunos pós-pandemia, como entender esse retorno após tantas mudanças comportamentais e atitudinais, pois definitivamente a escola e a sociedade estão diferentes e como entender todas essas questões com esse distanciamento social imposto pelo momento em que vivemos, sem colocar em risco nossa saúde. Nessa perspectiva resolvemos refazer parte de nosso PPP com o olhar voltado para EDH em todas as suas dimensões.

Finalidade: Oferecer formação ao coletivo de professores de maneira que possibilite melhorar as relações interpessoais, realizar um mapeamento de todo o território para que se compreenda o entorno da escola e dessa maneira ter a possibilidade de desenvolver uma escuta mútua e uma educação efetiva em Direitos Humanos, a partir desses dados mais exatos que nos dá a oportunidade de conhecer e reconhecer melhor os sujeitos.

Objetivos, Resultados esperados: Conhecer verdadeiramente nossa comunidade com todas as suas particularidades e necessidades, para que dessa forma possamos ter um olhar mais atento e um atendimento mais eficaz, entendendo de onde vêm os conflitos e a melhor maneira de lidar com eles.

Espera-se que ao final da formação e do mapeamento do território todos se reconheçam em nosso PPP como sujeitos pertencentes aquele espaço e sejam capazes de atuar de maneira mais harmoniosa e democrática, respeitando toda a diversidade e aprendendo, ainda mais, com essas perspectivas de diferentes pontos de vista.

 

Duração: 4 meses

Avaliação: Comparar o mapeamento atual com o que está se formando para verificar as divergências existentes e as mudanças que ocorreram no território e verificar com posses desses dados e a formação oferecida a nova identidade de nosso PPP. Acompanhar o desenvolvimento do trabalho no retorno das aulas presenciais  verificando o impacto desse novo olhar no fazer pedagógico e na mediação de conflitos na escola.