Tarefa 6 – Curso REP! – Andre Sales Neri

Data

13 de julho de 2020

Cursista

Andre Sales Neri

Função

Prof.Ens.fund.II e médio/ POED

DRE / Unidade Educacional

Penha

Escola

Marechal Juarez Távora

Respeitar é preciso!

 

TEMA

Mediação de Conflitos – Roda de Conversa

JUSTIFICATIVA

Ao observar dentro da unidade escolar os diversos conflitos que ocorrem durante as aulas, entre alunos, professores e alunos, funcionários e alunos, resolvi fazer um projeto de mediação de conflitos através das rodas de conversas. Por ser um método de escuta e reciprocidade podemos nos atentar nas causas desses conflitos com a verdade e o olho no olho, participação e mediação de um grupo formado por membros da unidade escolar, ou seja, a comissão será integrada por cada seguimento da escola escolhido através de candidaturas e eleições dos membros por todos da unidade, com participação de alunos, professores, funcionários, membros do conselho de escola, APM, pais e gestores.

FINALIDADE

A finalidade do nosso projeto é diminuir os conflitos e conscientizar a todos que as diferenças existem, seja elas de comportamento, pensamentos ou qualquer outro tipo e a importância para o crescimento humano. Além de implantar a empatia em nossa comunidade escolar e consequentemente um entendendo o outro.

OBJETIVO

Com esse projeto esperamos chegar em um nível em que o entendimento entre as pessoas possa ocorrer de forma natural, onde quando houver algum conflito possam entre si conversar e chegarem a um entendimento sem que haja qualquer tipo de consequência, seja ela leve ou mais grave. Que através desse projeto possamos sentar e na roda de conversar entender o que se passa na cabeça e os sentimentos de nossos alunos e colegas para que se construa uma sociedade mais justa e os entendimentos ocorram.

 

AÇÕES

Dentro do projeto teremos reuniões periódicas de 2 ou 3 vezes por semana, onde haverá as rodas de conversas, intervenções em conflitos se assim houver durante a semana, além de estudos de casos e autores para capacitar cada vez mais os membros da comissão e por último participação dos membros em reuniões diversas que ocorrem na unidade escolar sempre alinhados com os coordenadores e gestores.

AVALIÇÃO

Essa será periódica a cada mês faremos uma avaliação da comissão, com ênfase nas ações que foram feitas e programadas pelos seus membros.