Tarefa 6 – Curso REP! – Ana Paula Ferreira de Souza dos Santos

Data

1 de agosto de 2020

Cursista

Ana Paula Ferreira de Souza dos Santos

Função

PEI

DRE / Unidade Educacional

São Mateus

Escola

CEI Jardim Tietê

Plano de Ação: Criando um espaço para a escuta e acolhimento da comunidade escolar após a pandemia

Justificativa: Esse plano de ação se faz necessário diante da situação que as pessoas estão enfrentando nesse período de pandemia, sabemos que a escola é viva e ao retornarmos com o atendimento não sabemos quais impactos teremos na vida escolar, já que este tempo vivido é algo novo para todos e como tudo que é novo nos sentimos desafiados a construir um trabalho que tenha como foco a Educação em Direitos Humanos e a garantia de direitos de toda a comunidade escolar.

Quais organizações da U.E. estarão envolvidas como protagonistas na ação? Equipe gestora, equipe docente e de apoio, famílias, funcionários do setor de limpeza e de alimentação escolar. Uma vez que um trabalho de educação em direitos humanos que tenha princípios democráticos deve ter a participação de todos como protagonistas.

Finalidade: Com essa ação pretendemos acolher a todos de maneira respeitosa em um momento delicado nunca vivido antes e que não se sabe ainda qual legado deixará na vida de cada um. Certamente buscaremos construir uma nova escola em um novo tempo com a participação efetiva de todos os envolvidos neste processo. Ainda buscaremos criar protocolo de atendimento que busque satisfazer as necessidades e individualidades e para tanto a escuta e discussão deste processo se dará por meio desta ação através de encontros previamente agendados. Esses encontros serão indispensáveis para dialogarmos sobre as ações que serão adotadas.

Objetivos/ Resultados esperados:

Construir um protocolo de retorno do atendimento presencial de acordo como protocolo previamente feito pelos professores;

Criar um formulário para mapear as necessidades das famílias no âmbito psicológico e social;

Garantir um espaço de escuta qualificada de toda a comunidade escolar acolhendo seus medos e anseios, respeitando as diversas opiniões e diferentes olhares sobre um mesmo tema, buscando um bem comum;

Promover um atendimento que tenha em seu planejamento ações de acolhimento e escuta dos bebês e crianças buscando entender também como estes foram afetados pela pandemia

Construir uma relação de confiança e respeito com base na Educação em Direitos Humanos utilizando o material do Respeitar é preciso dada a sua qualidade e importância para a efetivação desta proposta.

Ações a serem feitas: A primeira reunião utilizará os conhecimentos adquiridos na aula 2 com a leitura do texto: Cuidados para abrir espaços de diálogos e será conduzida pela coordenadora pedagógica. Para que todos possam entender o propósito dos encontros será apresentado o conteúdo do texto para melhor entendimento da proposta. A partir desta reunião daremos continuidade aos encontros onde todos os envolvidos poderão trazer as pautas para discussão.

Duração: A princípio os encontros serão mensais ou quinzenais a depender da demanda, mas a sua duração será contínua e permanente. Devendo ocorrer em todos os momentos que se fizerem necessários, seja nas reuniões agendadas e solicitadas por qualquer segmento da unidade, seja nas reuniões de pais ou professores, no acolhimento das famílias nos horários de entrada e saída das crianças, nós atendimentos realizados pela gestão, entre outros.

Avaliação: A avaliação será formativa podendo ser por meio de pesquisas de opinião, por meio de debates ao fim de cada encontro e escrita em atas para consultas futuras. Por meio do mapeamento das famílias e suas necessidades será possível conhecer o entorno escolar, lembrando que “mapear é um exercício de diálogo, acima de tudo. Um caminho, uma fermenta e também um lugar a se chegar e se voltar quantas vezes forem necessárias” de acordo a aula 3. Todo o processo será construído junto e, portanto, poderá ser modificado de acordo com o que o grupo achar necessário. Contudo o desafio está posto e não temos nada pronto pois sabemos que não será fácil para ninguém essa construção pois demandará o esforço de cada um em busca da resignação e ressignificação deste espaço coletivo de aprendizagem.

Link para pesquisa de mapeamento:https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSekkA2KaZ4LOKSjG1J71ye-0AxNxwETLx93EW8zem3VPelMnA/viewform?vc=0&c=0&w=1

Protocolo previamente feito pelos professores:

PROTOCOLOS PARA O RETORNO

  • Reunião com as famílias para alinhar procedimentos de trabalho;
  • Uso de máscara pelas crianças (verificar com as famílias como acontecia no período de pandemia);
  • Dispenser de álcool com pedal na entrada do CEI;
  • Aferir temperatura na entrada;
  • Pia com agua, torneira, sabão e papel toalha;
  • Entrada de um só responsável para acompanhar a criança até a sala;
  • Tapete sanitizante com água clorada;
  • Borrifador com álcool gel à 70% em todas as salas e ambientes do CEI;
  • Solicitação de ampliar o número de professores para acompanhar entrada e saída para evitar aglomeração;
  • Manter as mochilas no corredor fora da sala;
  • Colocar ganchos para manter as mochilas no corredor;
  • Priorizar atividades ao ar livre evitando assim o contato com brinquedos menores que incite a criança a leva-los a boca;
  • Reorganizar o horário das equipes de limpeza para que essa aconteça antes da entrada e ou após a saída ( juntar as crianças que ficarão para o final afim de desocupar a sala para higienização);
  • Lixeiras com pedal em todos os espaços;
  • Individualizar enxovais ( lençóis e cobertores) seguir lista numérica de acordo com eol;
  • Organizar mapa da sala para organizar a hora do sono;
  • No momento do sono guardar o sapato no corredor;
  • Professores usar mascaras impreterivelmente nos horários de entrada, saída e refeições, mas tirá-las em alguns momentos, roda de história, parque quando não tiver outro professor junto;
  • Usar luvas nos momentos de higiene das crianças;
  • Criar rotina de higienização dos brinquedos, principalmente os brinquedos menores, de uso em sala ( borrifar com álcool a 70% e deixar secar para o próximo uso)