Tarefa 6 – Curso EDH – Vanessa Izidorio de Arruda Domingues

Data

28 de julho de 2020

Cursista

Vanessa Izidorio de Arruda Domingues

Função

Professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental 1

DRE / Unidade Educacional

Capela do Socorro

Escola

CEU EMEI TRÊS LAGOS

DRE Capela do Socorro 

Curso EDH – Desafios do contexto atual

 

Unidade Educacional: CEU EMEI TRÊS LAGOS

Participante: Vanessa Izidorio de Arruda Domingues

Registro Funcional: 8138150

 

Tema proposto: Atitudes de Cuidado e respeito com o outro

 

Justificativa:

É na educação infantil que as interações sociais se fundamentam e a construção da aprendizagem no ambiente escolar se tornam significativas. Trabalhar com o tema “Atitudes de cuidado e respeito com o outro”, junto com as atividades que comporão a sequência, assumirão um papel primordial nas interações entre as crianças.

Essas interações refletem de forma positiva e tem papel importante nas aprendizagens das crianças possibilitando a troca de informações, linguagens, ações e desenvolvimento perceptivo de tudo a sua volta. Trabalhar a diversidade e atitudes de cuidado e respeito com o outro, possibilita a valorização das diferenças e estimula o respeito mútuo entre as crianças.

Assim, é possível destacar a importância do outro, no processo de construção do conhecimento e mediar atitudes positivas nas formas de agir.

Público Alvo: Educação Infantil – 3 a 6 anos

Finalidade – Possibilitar que as crianças nas interações sociais tenham atitudes de respeito e cuidado com o outro, além de proporcionar momentos prazerosos de brincadeiras e aprendizagens significativas.

Objetivos:

  • Desenvolver a percepção de si;
  • Aceitação das diferenças;
  • Estimular e motivar o gosto pela leitura.
  • Respeito e cuidados com o outro;
  • Autoconhecimento;
  • Respeito a diversidade;
  • Permitir a construção da própria identidade e autonomia através das interações e vivências em diferentes situações;
  • Resgatar valores;
  • Expressar seus desejos, sentimentos e vontades;
  • Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo;

Resultados esperados  –

Espero que as crianças aprendam a aceitar suas diferenças e aprendam a lidar com as diferenças dos outros. Que essa  proposta de atividades despertem nas crianças condições para terem bons relacionamentos dentro e fora da sala de aula, de modo que se tornem menos egocêntrico e aprendam a compartilhar experiências.

Duração – 5 aulas

 

As atividades que comporão a sequência:

Atividade 1- Roda de conversa para abordar e levantar alguns conhecimentos prévios das crianças sobre diferenças relacionadas ao “Eu e o Outro” e fazer algumas perguntas como:

A professora é igual ou diferente de vocês?

O que temos de diferente?

Atividade 2- As crianças serão convidadas a ficarem em frente ao espelho e observarem seus olhos tamanhos e cores, cabelos, cor da pele, cabelo, estilo de roupa e depois dessas observações reproduzir em folha de sulfite um auto retrato.

Atividade 3- Apresentar a música “Como é bom ser diferente” Vídeo do youtube da turma do tio Marcelo e permitir que as crianças contemplem, dancem e apreciem a letra de forma espontânea.

Atividade 4- Organizar as crianças em dupla, sentar um de frente para o outro e pedir que observem sua dupla cor dos olhos, cabelos, cor da pele, cabelo, estilo de roupa e depois dessas observações reproduzir um retrato do colega.

Atividade 5- Contação de história com fantoches. Utilizando o livro “Como é bom ser diferente” como base para releitura, confeccionarei fantoches utilizando palito de sorvete e sulfite para contar a história. O objetivo é reforçar de forma significativa que as diferenças entre as pessoas são importantes e positivas, ensinando as crianças atitudes de cuidado e respeito com o outro.

 

Avaliação

A avaliação será durante o desenvolvimento da sequência de atividades, onde haverá registros do desenvolvimento geral das crianças e observações referente as atitudes de respeito às diferenças e cuidado com o outro.