Tarefa 6 – Curso EDH – Sindi Tomazelli Cordeiro Argentão

Data

6 de agosto de 2020

Cursista

Sindi Tomazelli Cordeiro Argentão

Função

Prof Ed Inf Ens Fund I

DRE / Unidade Educacional

Ipiranga

Escola

Emef Marechal Eurico Gaspar Dutra

Sindi Tomazelli Cordeiro Argentão

RF 793.765-2 – EMEF “Marechal Eurico Gaspar Dutra”

CPF 293.937.858-48

Trabalho Final – Respeitar é preciso

“Educação em Direitos Humanos – Desafios do contexto atual”

 

Tema proposto: Os símbolos como registro e valores a serem resgatados e as Adinkras.

Adinkra é a tradição de um povo africano, que compreende um conjunto de ideogramas, que são símbolos gráficos utilizados para representar uma palavra ou conceito abstrato, encontrados nas estampas dos tecidos e também na cerâmica, na arquitetura, em objetos de bronze e talhado e em peças de madeira A palavra adinkra significa adeus e são símbolos que transmitem ideias, representam, preservam e transmitem valores do povo akan.

 

Justificativa: A necessidade de oportunizar que os alunos tenham uma vivência da Cultura da África, contribuindo assim, para a construção respeitosa do olhar étnico racial e para um comportamento mais humanístico do cidadão.

A quem o trabalho se destina: Alunos do 4º ano do Ensino Fundamental.

Finalidade: Reconhecer e valorizar a cultura da África, com enfoque nos povos Akan e seus símbolos que transmitem valores.

Objetivos/Resultados esperados:

  • Valorizar a diversidade cultural;
  • Respeitar as características de etnia;
  • Discutir as relações raciais no ambiente escolar;
  • Refletir, reconhecer e valorizar as ações de empatia, solidariedade, amor, cooperação e o respeito nas relações étnico-raciais;
  • Promover as ações antirracistas.

 

Duração: 8 aulas

Atividades da sequência didática:

“Conhecendo a cultura da África/povos Akan e seus símbolos”

Objetivos:

  • Conhecer um pouco da história dos símbolos Adinkras;
  • Apresentar a cultura dos povos Akan (Gana, Costa do Marfim e Togo – países da África Ocidental) e os padrões de seus tecidos;
  • Promover rodas de conversa e refletir sobre a cultura dos povos africanos;
  • Fruição e observação de imagens dos tecidos que não são utilizados somente como vestimenta, mas como forma de expressão;
  • Reconhecer mensagens transmitidas através dos símbolos Adinkra estampados nos tecidos;
  • Elaborar símbolos e realizar oficina com carimbos em tecidos;
  • Construir um jogo de memória de Adinkras.

 

Procedimentos:

  • Contação de história.
  • Conhecer os símbolos Adinkras através da leitura oral dos significados e leitura estética através de imagens impressas.
  • Realizar pesquisas na Sala de Informática Educativa em parceira com a professora;
  • Observar símbolos, formas e significados;
  • Fruição de imagens dos tecidos carimbados com os símbolos Adinkras, suas cores, formas e elementos.
  • Em grupo, propor a construção de carimbos com EVA, para carimbar tecidos.
  • Construção do jogo de memória.

 

Recursos:

  • Recursos áudio-visuais, pen drive com as imagens e vídeos, projeção de imagens, sites e pesquisas da internet.
  • Livros sobre cultura africana.
  • Papéis diversos, papelão, lápis grafite e de cor, canetinhas hidrográficas, tesoura e cola.
  • Tecidos de metragem 1X1m, tinta de tecido, pincéis, tesoura, cola e retalhos de EVA.

Avaliação:

  • Avaliação contínua e formativa, por meio da participação ativa dos alunos.
  • Trabalho em equipes.

Disponível em http://consuladogeraldeangolasp.net/det.asp?cod=87&caminho=mulher Acesso em 04/08/2020.

Disponível em http://consuladogeraldeangolasp.net/det.asp?cod=87&caminho=mulher Acesso em 04/08/2020.

Disponível em http://diversidadeetnicorracial.blogspot.com/2015/02/simbolos-adinkras.html Acesso em 04/08/2020