Tarefa 6 – Curso EDH – Selma Antonia Rosa de Souza

Data

6 de agosto de 2020

Cursista

Selma Antonia Rosa de Souza

Função

Professora de educação infantil e ensino fundamental 1

DRE / Unidade Educacional

Itaquera

Escola

EMEI Jardim Marilia

Curso: EDH – Desafios do contexto atual

Selma Antonia Rosa de Souza  –  RF: 747.124.6

Telefone: 11985783111

E-mail: [email protected]

Unidade de exercício: EMEI Jardim Marilia

 

Sequência de atividades 

  • O tema proposto – Ser diferente é normal
  • Justificativa – Desmistificar questões étnico raciais, romper com preconceitos.
  • A quem o trabalho se destina – Educação Infantil
  • Finalidade – trazer para o cenário da Educação Infantil uma reflexão sobre questões étnicos raciais, gerar atitudes, comportamentos e falas consciente.
  • Objetivos – provocar reflexão, interferindo no processo de subjetivação das crianças, desenvolver um processo qualitativo de mudanças, provocando reflexões acerca de paradigmas e posturas.
  • Duração – 6 aulas
  • Atividades que comporão a sequência:

1- Ouvir a música: “Um sorriso negro, um abraço negro, traz felicidade…” música, de Adilson Barbosa, Jorge Portela e Jair Carvalho, conhecida na voz de D. Ivone Lara.

2- Roda de conversa sobre a música, objetivando trazer para o cenário da Educação Infantil uma reflexão sobre a afetividade na perspectiva das relações étnico-raciais, para a busca de novas formas de perceber o outro, de compreender nossas crianças negras, indígenas, brancas, mestiças, orientais em suas particularidades e direitos. Fazemos aqui um convite para que esse diálogo possa moldar ouvidos, aguçar sensibilidades, provocar reflexões, etc.

3- Representar a reflexão sobre o tema de forma a utilizar as diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e escrita) ajustadas às diferentes intenções e situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, expressar suas ideias, sentimentos, necessidades e desejos e avançar no seu processo de construção de significados.

4- Conhecer algumas manifestações culturais,  provocar atitudes de interesse, respeito e participação frente a elas e valorizando a diversidade.

5- Representatividade: fortalecer a autoestima, apresentando figuras consideradas símbolo de representatividade.

6- Autorretrato – se olhar no espelho e descrever o que vê, fazendo um paralelo com sua ancestralidade. 

  • Avaliação –  Registro das atividades realizadas pelas crianças e reflexão sobre a prática para futuras ações.