Tarefa 6 – Curso EDH – Sandra Cátia Gonçalves da Silva

Data

28 de julho de 2020

Cursista

Sandra Cátia Gonçalves da Silva

Função

Auxiliar Técnico de Educação

DRE / Unidade Educacional

Santo Amaro

Escola

EMEF Carlos de Andrade Rizzini

Sandra Cátia Gonçalves da Silva

 

Tema: Democracia na Escola, Direitos Humanos.

 

Justificativa

Pensando em uma escola de princípio democrático onde todos são valorizados e participam das ações educativas de forma efetiva, penso em uma ação construtiva através da qual todos se tornem atores de fato, no contexto escolar, dessa forma, considerei uma atividade onde os alunos se revezem no acompanhamento, na observação e no auxílio de três segmentos distintos de trabalho existentes nas unidades sendo os escolhidos, o Quadro de Apoio, a Equipe de Limpeza, e a Equipe da Cozinha.

A quem o trabalho se destina

Esse trabalho se destina aos alunos dos 6º Anos do ciclo II do ensino fundamental de 9º Anos, dentro da faixa etária de 11 a 12 anos, aos funcionários terceirizados e ao quadro de apoio.

Finalidade

Fazer com que os alunos valorizarem e respeitem: a construção e manutenção de um ambiente limpo e organizado, a importância do preparo das refeições saudável e equilibradas e o cuidado, a atenção e mediação feita pela equipe do Quadro de Apoio, essas atividades serão feitas através do acompanhamento, observação e participação nos trabalhos realizados por esses profissionais.

Objetivo

Proporcionar as crianças, a experiência e compreensão do que se faz necessário e quem são os atores responsáveis na construção do ambiente escolar.

Desenvolver a cidadania, o convívio em sociedade e a reflexão das ações que o indivíduo exerce dentro dessa sociedade, valorizando essas atividades e quem as executa.

Sensibilizar a todos os envolvidos através do reconhecimento da dignidade da pessoa humana dos profissionais terceirizados e do quadro de apoio, que são a base, a linha de frente dentro da unidade escolar, assumindo funções diversas, acolhendo, consolando e orientando os alunos, sendo assim, efetivamente educando.

Duração da atividade

Duas semanas ou mais, dependendo no número de salas existentes na unidade escolar e a adesão de outros alunos de outros anos que sintam interesse pela ação. Podendo ser essa atividade, considerada um elemento no Projeto Político Pedagógico. Da unidade.

As atividades

1 – Com a ajuda do professor, os alunos de cada sala dos 6ºs Anos serão divididos em grupos de três alunos. A ordem para da vez de cada grupo será determinado pelo professor.

2 – Diariamente, cada um dos três grupos formados será destinado acompanhar, observar e auxiliar as equipes, de Limpeza, Cozinha e Quadro de Apoio em suas atividades durante os intervalos de aulas.

3 – Esses grupos formados pelos alunos deverão revezar entre as Equipes de funcionários que estão acompanhando.

4 – Deverão produzir um registro de cada equipe de funcionário que acompanharam respondendo as seguintes perguntas:

A – Qual a atividade que o grupo observado é responsável e executa dentro da unidade escolar?

B – Qual é a importância dessa atividade para a escola?

C – Qual a habilidade exigida para desempenhar essa atividade? Ex. Força, paciência, dedicação, agilidade, entre outros.

D – Comparando a escola com a sua casa, quem desempenharia o trabalho de cada grupo em que participou?

E – Como você imaginaria a escola sem o trabalho dessas três equipes?

Avaliação

O envolvimento e a participação dos alunos e dos funcionários envolvidos durante o desenvolvimento da atividade.

A construção do conhecimento dos alunos bem como as dos funcionários através do contato social mais estreito e o desenvolvimento da relação aluno/funcionário dentro do ambiente escolar.

Compreender o significado de regras e de cidadania, assim como o reconhecimento do “eu” e do “outro”

Proporcionar a valorização e a visibilidade aos funcionários terceirizados e a equipe do quadro de apoio, sensibilizando os alunos através de uma experiência de aproximação e identificação.

Acompanhar a reflexão sobre o convívio em sociedade observando o papel que cada um exerce na construção do todo social.