Tarefa 6 – Curso EDH – Rosângela Alves de Azevedo

Data

5 de agosto de 2020

Cursista

Rosângela Alves de Azevedo

Função

Professor de educação infantil e ensino fundamental I

DRE / Unidade Educacional

Santo Amaro

Escola

Emei JD americanopolis

Nome: Rosângela Alves de Azevedo

TEMA: A ÁFRICA DE TODOS NÓS!

JUSTIFICATIVA

A cultura africana possui grande influência no nosso país e é de suma importância o conhecimento sobre o continente africano e sua cultura, passeando por alguns países afim de reforçar a valorização étnico racial, buscando uma educação cidadã e o respeito entre todos. Nossa EMEI já realiza um trabalho continuo e responsável valorizando e respeitando as diferentes etnias, porém esse tema é emergente na nossa sociedade e que diariamente somos desrespeitados e descriminados pela cor de pele, tipo de cabelo e classe social.

Na minha escola, a grande parte dos matriculados são afrodescendentes, mas poucos conhecem a fundo a cultura de seus antepassados. Com isso cabe a escola oferecer e dar oportunidades para todos conhecerem a cultura Afro desde a educação infantil, conhecer nossas raízes que foram construídas por meio dos povos africanos não apenas rotulados como escravos, mas com sua rica cultura que faz parte do povo brasileiro.

 

OBJETIVO

Valorizar e refletir sobre conhecimentos, posturas que enfatizam o respeito as diferenças, a diversidade cultural e a valorização da identidade racial.

 

METODOLOGIA

No retorno das aulas presenciais irei propor ao grupo de professores a realização do projeto na nossa Emei unificando toda comunidade escolar, buscando novas ideias e estratégias para enriquecer a temática e incentivar a participação de todos como: professores, gestores, equipe de apoio, funcionários da limpeza e cozinha. Cada um contribuindo para o crescimento e valorização do respeito e aprendizagem das nossas crianças.

  • Localização do continente africano no mapa.
  • Rodas de conversa, História: Tanto, tanto; O Cabelo da Menina – Fernanda Takai, Amoras – Emicida, A Cor de Coraline – Alexandre Rampazo, Uma História Africana – Raquel Durães; História: As bonecas da vó Maria (Itaú), História: O menino Nito, História: “Cada um com seu jeito, cada jeito é de um”;
  • Brincadeiras cantadas: “Roda Africana” (Palavra Cantada), Desenho da história ou das obras do artista;
  • Obras do artista Estevão Roberto. Ele foi o primeiro pintor negro formado pela Academia Imperial de Belas Artes, sendo considerado um importante pintor.
  • Brincadeira Africana: Tum Tum;
  • Jogos Africano: Terra e mar, História: Abayomi, Oficina da Boneca Abayomi junto com as famílias;
  • Jogos e brincadeiras africanas;
  • Contribuições do povo africano na cultura, artes, culinária e curiosidades;
  • Confecção de autorretratos;
  • Contos e filmes, como o desenho animado Kiriku e a Feiticeira;
  • Visita ao museu afro junto com os familiares no parque Ibirapuera.
  • Dia da família na escola com todos os trabalhos realizados e oficinas com toda comunidade escolar.

 

 

 

Duração: previsão de um semestre.

 

 

Avaliação será continua por meio de rodas de conversas, registros com fotos, filmagens e feedback com as famílias e comunidade escolar.

Referencias:

Cadernos Respeitar: Sujeitos de Direito, Diversidade e Discriminação, https://www.youtube.com/watch?v=QjlmRDk9ktI&list=PLirpSCgKwnjGz2rH4m24ous2C8N-QFIFE&index=4, https://br.pinterest.com/renathynha_88/brincadeiras-africanas/.