Tarefa 6 – Curso EDH – Neila de Oliveira Gonçalves

Data

7 de agosto de 2020

Cursista

Neila de Oliveira Gonçalves

Função

Professor Fund II e Ensino Médio

DRE / Unidade Educacional

São Miguel Paulista

Escola

Emef Milton Pereira Costa

Nome do cursista: Neila de Oliveira Gonçalves

EDH – DESAFIOS DO CONTEXTO ATUAL

Tarefa – Sequência de atividades

 

  • O tema proposto – Questões étnico-raciais e o racismo na escola.

 

  • Justificativa – A EMEF Milton Pereira Costa está localizada na zona leste, região periférica de São Paulo. Nessa unidade escolar, na qual atuo, há uma grande diversidade de etnias e raças, temos muitos educandos imigrantes bolivianos; outros que migraram de outros estados e também muitas crianças e jovens negros. Cerca de 70% dos nossos discentes são afrodescendentes, porém muitos deles não reconhecem sua ancestralidade negra e o valor de sua cultura. Assim, é necessário um trabalho pedagógico voltado às questões étnico-raciais e uma postura antirracista pelos profissionais da educação: professores, gestores, funcionários, alunos e toda a comunidade escolar.
  • A quem o trabalho se destina – As atividades propostas se destinam aos docentes, gestores, funcionários e alunos da escola, estes são estudantes do Ensino Fundamental II, entre 11 e 14 anos.

 

  • Finalidade – A intenção com este seu trabalho educativo é promover um ambiente escolar respeitoso, de empatia e valorização da cultura de outros povos e raças. Além disso, a finalidade é levar todos os atores envolvidos a uma reflexão e mudança atitudinal além dos muros da escola, colocando em prática, em sua vida pessoal, todo o aprendizado construído ao longo das atividades.

 

  • Objetivos/Resultados esperados:

Refletir a respeito das questões étnico-raciais;                                                                                                                                          Mudar a postura e pensamentos equivocados e historicamente construídos a respeito do racismo;                                                Aprender a respeitar e valorizar a cultura de outros povos.

 

  • Em que ponto você espera chegar com esse trabalho – Esse trabalho pode se constituir em um grande projeto interdisciplinar, por meio de atividades teóricas e práticas envolvendo toda a comunidade escolar, incluindo, por exemplo, passeios ao Museu da Imigração, ao Museu Afro, e visitas a outros locais culturais que deem ainda mais significado ao assunto abordado.

 

  • Duração – o tempo previsto para a realização da sequência de atividades é de três aulas.

 

  • As atividades que comporão a sequência:

Aula 1 – Os estudantes assistirão ao vídeo: “Vista a minha pele”, no qual é abordado o tema do racismo pela ótica da pessoa branca, isto é, como seria se o branco fosse o excluído, o desvalorizado nos diversos campos sociais: escola, emprego, política, etc?

Depois, os alunos se dividirão em grupos para expressar suas opiniões sobre o vídeo, depois irão expor ao resto da turma suas impressões. Os professores poderão mediar a discussão e também colocar seu ponto de vista de forma pedagógica.

Aula 2 – Os estudantes assistirão ao vídeo: “Xenofobia – um crime silencioso” em que eles poderão observar os depoimentos de imigrantes e refugiados na cidade de São Paulo que viveram o pesadelo da xenofobia.

Posteriormente, os alunos imigrantes, que se sentirem a vontade, poderão falar suas opiniões sobre o vídeo e relatar o que os fizeram migrar para nossa cidade. Depois todos os alunos farão cartazes com mensagens antirracistas e contra a xenofobia.

Aula 3 – Os educandos, professores e funcionários (imigrantes e negros) participarão de um desfile, cujo objetivo é valorizar a figura e a beleza desses povos, com vestimentas que busquem a essência deles, isto é, a indumentária, turbantes, roupas típicas, etc. Nesse momento, os familiares dos estudantes serão convidados a desfilar também.

 

  • Avaliação – A avaliação dar-se-á de forma processual, observando a participação e o engajamento do estudante na realização das atividades, bem como a análise da sua postura diante dos temas e das discussões abordadas, além de sua atitude de respeito e empatia com os colegas.
  • Bibliografia consultada

Disponível em:

      https://www.youtube.com/watch?v=LWBodKwuHCM

      https://www.youtube.com/watch?v=a93gRuIwW80