Tarefa 6 – Curso EDH – Maria Sonia Da Silva De Sousa

Data

2 de agosto de 2020

Cursista

Maria Sonia Da Silva De Sousa

Função

Professor Educação Infantil

DRE / Unidade Educacional

Santo Amaro

Escola

CEI Vereador Rubens Granja

Curso EDH- Desafios do Contexto Atual

Tema: Educação Antirracista: Identidade Negra

Justificativa:

É de suma importância que a escola adote uma educação antirracista,pois ela tem um papel fundamental para combater o racismo,lugar onde as diferenças humanas,sociais,raciais e culturais estão presente.Os documentos Oficiais como o Currículo da Cidade e o DCNs abordam esse assunto como sendo obrigatório o seu estudo.Os Centros de Educação Infantil(CEIs)são frequentados por bebês e crianças de 0 a 3 anos e 11 meses de idade que se desenvolvem e aprendem com as interações com seus pares e com adultos,portanto, desde a tenra idade é necessário despertar a conscientização e a valorização para respeitar o outro como um todo independente da cor da pele e assim contribuindo para a formação de cidadãos atuantes contra o racismo velado pela sociedade ,porem presentes em forma de xingamentos ofensivos contra as pessoas negras.Por notar a recusa de uma criança de brincar com uma boneca negra(oferta  de bonecas negras) e outro de não aceitar segurar a mão da coleguinha negra,não posso afirmar que essa atitude seja dita como  preconceito, mas o fato da recusa nesses  dois casos me faz pensar como é relevante propor atividades cujo protagonistas sejam pessoas negras.

 

Público alvo:

Bebês e crianças que frequentam o CEI ,na faixa etária de 1 ano a 3 anos e 11 meses de idade.

Finalidade:

Promover com as sequencias de atividades a construção da identidade negra e uma educação antirracista baseada no respeito e ao combate ao preconceito e a discriminação presente na sociedade que estamos inseridos.

Objetivos:

Incentivar o autocuidado ;a valoração do outro e de si;ampliar o repertório cultural com músicas  e brincadeiras africanas;respeitar as diferenças e a diversidade humana.

Espero alcançar o despertar da conscientização de que todos somos importantes e o respeito deve está presente nas relações cotidiana.

Duração:

Para despertar o combate ao racismo é necessário abordar o tema constantemente aprofundando melhor as atividades podem permanecer durante o ano  letivo ,uma vez por semana e assim abrangendo o no Campo de experiência Habilidades sociais e Identidade(Eu ,o outro e nós).

Sequencias de atividades:

Músicas e brincadeiras da cultura Africana;

Roda de conversa sobre respeito  e a cor da pele;

Caixa surpresa com espelho(o que tem dentro é muito importante);

Fotos das famílias;

Cartaz com pessoas negras bem sucedidas;

Bonecas negras;

Roda de histórias:

Tanto,Tanto!,autor Trish Cook ,ilustrado por Helen Oxenburj;

Amoras,autor Emicida;

O Black Power de Akin,autor Kiusam Oliveira ilustrado por Rodrigo Andrada;

Meninas Negras,autora Madu Costa ilustrada por Rubem Filho;

Minha Mãe é Negra Sim! escrito por Patricia Santana ilustrada por Hyvanildo Leite;

Que cor é a minha cor? autor Martha rodrigues;

Salão de beleza;Penteados;moda;

Vídeos animados  YOUTUBE     :

“Amoras”;

“Hair Love”;

“Meninas Negras”;

“Guilhermina e Candelário”;

“Racismo e Preconceito,não!;

Desenhos e pinturas com carvão,borra de café;

Autorretrato.

Avaliação:

As atividades serão registrada através de fotos e vídeos ,para auxiliar na avaliação que será sustentada pela observação da participação,iniciativa e do interesse dos pequenos assim como suas falas serão registradas em relatórios com fotos e reflexões do professor.

 

 

 

 

 

 

 

 

https://www.youtube.com/watch?v=FrPogSBEywU; https://www.youtube.com/watch?v=ClfAH79h4nc; https://youtu.be/-P1Y0-2cdlY