Tarefa 6 – Curso EDH – Leila da Silva Siqueira

Data

3 de agosto de 2020

Cursista

Leila da Silva Siqueira

Função

Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I

DRE / Unidade Educacional

Pirituba / Jaraguá

Escola

EMEF BADRA

DIVERSIDADE E DISCRIMINAÇÃO NO CHÃO DA ESCOLA: UM ESPAÇO PARA NOVOS OLHARES

 

JUSTIFICATIVA:

O presente texto tem como justificativa apresentar uma sequência didática para realizar um trabalho sobre Direitos Humanos na escola.

Atualmente, trabalho na EMEF BADRA, uma escola localizada na periferia de PERUS.  Um território que precisa de muitos olhares para com os alunos e moradores do entorno.

Pensando nisso, trabalhar em uma escola, observar as diversidades e não discutir seus problemas é impossível para estabelecer uma aprendizagem significativa.  É nesse território que precisamos incluir os alunos de diversas religiões, raças, culturas e necessidades especiais para identificar os fatores que exacerbam e geram exclusões, incluindo preconceito e discriminação.

Para fundamentar essa sequência, cito aqui a fala do Mandela, que diz: “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar”.

Partindo dessa afirmativa, o trabalho visa incentivar e promover ações  e reflexões dentro da escola que valorizem a diversidade o respeito às diferenças abrangendo todos os envolvidos no processo educacional.

FAIXA ETÁRIA:

4º e 5º ano do Ensino Fundamental I

 

FINALIDADE:

Vivemos num território marcado pela diversidade. Ainda que seus membros sejam muito parecidos, todos apresentam características singulares que os diferenciam uns dos outros. Quando as diferenças são interpretadas de modo a criar disparidades entre as pessoas e agrupamentos sociais, a discriminação acaba gerando violência e outras justificadas pelo ódio ou pelo desprezo.  A finalidade desse trabalho é suscitar o diálogo entre os pares, e que através dele haja respeito e valorização das diferenças condição essencial para ser viver em sociedade.

OBJETIVOS:

  • Refletir sobre a diferença e a diversidade na escola;
  • Ampliar o olhar sobre a diversidade;
  • Estudar sobre a relação de gênero, sexualidade, orientação sexual, etnia e relações raciais;
  • Compreender o papel da escola e da família nessa construção de diversidade;
  • Reconhecer as diferenças na escola e na família;
  • Discutir sobre gênero em nossa sociedade e sobre as discriminações;
  • Identificar situações discriminatórias no dia a dia na escola;
  • Reconhecer a responsabilidade dos educandos através de práticas educativas;
  • Analisar a norma heterossexual como principio estruturante da vida afetiva dos alunos;
  • Relacionar as formas de homofobia gênero, raça/etnia e classe social na escola;
  • Estimular intervenções individuais e coletivas contra atitudes preconceituosas.
  • Criar condições necessárias para que as ações sejam realizadas.

DURAÇÃO:

 

01 BIMESTRE

 

SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES:

  1. Dinâmica para socialização e apresentação do tema e conceitos que seriam trabalhados: “Dinâmica do dado”.

Dinâmica do dado

  • O que você entende por diversidade?
  • O que é preconceito?
  • O que é estereótipo?
  • O que você entende por discriminação?
  • É comum artistas negros/LGBTQIA+ e na mídia (TV)?
  • Quais as principais profissões que os negros/LGBTQIA+/ pessoas com deficiência ocupam?
  • O que é raça?
  • O que é etnia?
  • Você já sofreu algum tipo de preconceito?
  • Você já presenciou alguma situação preconceituosa?

 

2.  Análise de imagens:

O que essas imagens representam?

O que elas têm em comum?

Você se vê representado em alguma delas? Comente com a sala.

  1. Roda de conversa:
  • Nos contos de fadas há uma representação diversa?
  • Você conhece alguma história infantil que os personagens são retratos da nossa realidade?
  • Tem representatividade nessa imagem?
  • Por que as pessoas ficam incomodadas quando algo é diferente da percepção delas?

 

4- Diversidade “Em sala de aula”- Dando continuidade à atividade anterior, o professor deverá pedir para que cada dupla pesquise em sites da internet/ na sala de informática os seguintes conceitos:

Diversidade.

Diversidade Cultural.

Diversidade Musical.

Diversidade Social.

Diversidade Religiosa.

Diversidade Étnica.

Após a pesquisa, trabalhar construção de cartazes, apresentação dos alunos e exposição do material.

 

Atividade 5. Escolha de estilos musicais: Escrever em folha separada (cartolina ou sulfite) o estilo de música que mais gosta e que menos gosta de ouvir.

 

Feito isto, os cartazes deverão ser fixados na lousa da sala e, em seguida, os alunos serão convidados a analisar cada um deles, isto é, anotar em uma folha de caderno os estilos musicais e as músicas preferidas pela sala como um todo.

Algumas perguntas poderão ser feitas:

  • O que vocês acharam das músicas escolhidas pelos seus colegas?
  • Vocês gostam de algum outro estilo de música que não foi contemplado nestes cartazes? Qual?
  • E o que vocês acharam das escolhas das músicas? Por quê?
  • Se déssemos uma cor a cada tipo de música escolhida por vocês, o que teríamos: um painel colorido ou monocromático?
  • E se no mundo só houvesse quem criasse, por exemplo, músicas de rock, como poderíamos vir a conhecer e, quem sabe, gostar de outro estilo musical?
  • Vocês são iguais a seus irmãos ou primos? O que têm de semelhante e de diferente?
  • Uma pessoa com Deficiência Física é igual a uma pessoa que possui, por exemplo, Deficiência Visual e uma pessoa que não têm deficiência (física, visual, auditiva, mental, cognitiva)? No que estas pessoas são semelhantes e no que são diferentes?
  • Podemos dizer que as diferenças fazem parte da nossa sociedade, da nossa vida?
  • Como temos convivido com as diferenças, com o outro – que não é igual a mim, mas tão humano e digno de ser respeitado e valorizado quanto eu?

Atividade 6: Elaboração de um mural sobre a diversidade:

Finalizando a aula, o professor deverá pedir que cada grupo (junção das duplas) elabore um mural sobre “Diversidade”, conforme a escolha de um dos temas abaixo.

É importante que na sala haja grupos trabalhando com todas as temáticas sugeridas.

Roteiro de Temas:

Diversidade Artística.

Diversidade Musical.

Diversidade Étnica.

Diversidade Racial.

Diversidade Religiosa.

 

Atividade 7-  Assista ao vídeo abaixo e debata com seus colegas:

Nossa escola tem algum problema apresentado por esse vídeo?

Como podemos resolver essa problemática na escola?

Você se considera preconceituoso? Já discriminou alguém?

Já sofreu algum tipo de agressão durante sua vida escolar? O que você fez?

 

Atividade 8-  Vídeo: Ninguém nasce racista!

Vamos fazer uma atividade sobre: O que já sentiu ou viu

Nessa atividade vamos lembrar coletivamente as situações de discriminação presenciadas ao longo da vida escolar, dando destaque às intervenções dos adultos que podem mediar a situação.

  • Gravar vídeo com depoimento das crianças sobre o que elas observam sobre a temática na escola.

Atividade 9-  Diversidade é que é legal! Tatiana Belinky

Um é feioso,
Outro é bonito
Um é certinho
Outro, esquisito

Um é magrelo
Outro é gordinho
Um é castanho
Outro é ruivinho

Um é tranquilo
Outro é nervoso
Um é birrento
Outro dengoso

Um é ligeiro
outro é mais lento
Um é branquelo
Outro sardento

Um é preguiçoso
Outro, animado
Um é falante
Outro é calado

Um é molenga
Outro forçudo
Um é gaiato
Outro é sisudo

Um é moroso
Outro esperto
Um é fechado
Outro é aberto

Um carrancudo
Outro, tristonho
Um divertido
Outro, enfadonho

Um é enfezado
Outro é pacato
Um é briguento
Outro é cordato

De pele clara
De pele escura
Um, fala branda
O outro, dura

Olho redondo
Olho puxado
Nariz pontudo
Ou arrebitado

Cabelo crespo
Cabelo liso
Dente de leite
Dente de siso

Um é menino
Outro é menina
(Pode ser grande
ou pequenina)

Um é bem jovem
Outro, de idade
Nada é defeito
Nem qualidade

Tudo é humano,
Bem diferente
Assim, assado
Todos são gente

Cada um na sua
E não faz mal
Di-ver-si-da-de
É que é legal

Vamos, venhamos
Isto é um fato:
Tudo igualzinho
Ai, como é chato!

Tatiana Belinky

 

 

 

Atividade de leitura e reflexão na sala.  Construção de poema para fazer uma cartinha à comunidade.

Atividade 10- Normal é ser Diferente!

Coral com as crianças para finalizar as atividades sobre Diversidade e Discriminação: Novos olhares!

Chamar todos os envolvidos para prestigiarem!

 

AVALIAÇÃO:

A avaliação será baseada nas rodas de conversas, nos apontamentos, nas interações que as crianças e toda comunidade escolar tem a aprender com a sequência didática sobre Diversidade e Discriminação na escola. Primeiro precisamos ofertar boas discussões e ouvi-los sobre os mais diversos assuntos. Observar atentamente as mudanças ocasionadas pela intervenção das aulas.