Tarefa 6 – Curso EDH – Jacqueline Fernandes Rodrigues Castellini

Data

7 de agosto de 2020

Cursista

Jacqueline Fernandes Rodrigues Castellini

Função

Professor Educação Infantil e Fun.1

DRE / Unidade Educacional

Itaquera

Escola

EMEI Jardim Marília

TEMA: Relações étnico-raciais e infância  (Xô racismo)

PÚBLICO ALVO:

Educação Infantil – 4 e 5 anos

DURAÇÃO:

Durante o ano letivo

JUSTIFICATIVA:

O racismo e a discriminação, consistem em comportamentos que visam menosprezar a humanidade do outro, o que algumas vezes acaba resultando em ódio, principalmente em relação às pessoas de raça negras.
De acordo com a lei 10639 de 09/01/2003, o estudo das relações étnico-raciais é fundamental e obrigatório  no processo de ensino aprendizagem da educação básica. Começar um trabalho com  os pequenos, traz resultados positivos a curto e longo prazo, onde cada criança possa se reconhecer no mundo, valorizar e respeitar as diferenças raciais desde cedo. O acesso àum ambiente que estimula o respeito à diversidade racial contribui para uma sociedade anti racismo, por isso é importante o envolvimento de todos na unidade educacional, pois a educação das relações étnico-raciais tem por objetivo produzir conhecimentos, atitudes, posturas e valores.

OBJETIVOS:

Este projeto tem como objetivo principal, trabalhar as relações étnico-raciais na Educação Infantil, e despertar na criança que a diferença racial é um fator positivo, valorizando a importância das raças, e suas contribuições para nossa sociedade, além da consciência que todos somos iguais e intensificando a construção da identidade delas. Sendo assim, romper com as formas de preconceito racial no ambiente escolar.

METODOLOGIA/AÇÕES: (Planejamento das atividades relacionadas ao tema)

Para dar significado, iremos trabalhar por meio de: Rodas de conversa, Histórias, Filmes, Brincadeiras, Músicas, e exposição dos trabalhos.

Primeiro Momento:

Em rodas de conversa, discutir com as crianças sobre raças e cultura afro, apresentar imagens, figuras e fotografias, mostrando como somos diferentes. Logo propor que se olhem no espelho e observem suas características e dos colegas, enfatizando a beleza de cada um. Em seguida, as crianças devem fazer um autorretrato.

 

Segundo Momento:

Leitura da História: “Menina Bonita do Laço de Fita” da autora Ana Maria Machado, e questionar sobre as características da menina, como eram os olhos?, como eram os cabelos?, etc.Conversar sobre autoestima, preconceito e padrões de beleza. As crianças podem fazer o registro da história com recortes, colagens, pinturas, etc. Fazer um mural relacionado a história, para exposição e reflexão do assunto trabalhado.

 

Terceiro Momento:

Em roda de conversa, discutir sobre as contribuições positivas da cultura-afro para nossa sociedade e assistir ao vídeo: “Os Africanos – Raízes do Brasil”, onde as crianças, irão conhecer melhor as raízes africanas e seu papel na formação da identidade brasileira, disponível em:

Após ouvir as impressões das crianças, apresentar algumas brincadeiras de origem africana como:

– Amarelinha Africana, Saltando feijão, Terra e mar, pegue a calda, entre outras.

 

Quarto momento:

Assistir o vídeo: “Roda Africana” – Palavra Cantada –  onde fala sobre o continente Africano. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=QjlmRDk9ktI, em roda brincar com as crianças no ritmo da música.

Fazer votação com as brincadeiras apresentadas no terceiro momento, e realizar com as crianças as brincadeiras vencedoras (a quantidade de brincadeiras depende do tempo disponível, podendo realiza-las no decorrer do projeto)

 

Quinto momento:

Contação da história: “Abayomi” , e em roda apontar fatos importantes para discussão. Mostrar alguns brinquedos de origem africana para as crianças.

Confecção da boneca com auxilio da professora.

 

Sugestão:

Durante as aulas a professora juntamente com os alunos, podem selecionar livros relacionados ao tema e fazer discussões e registros para expor pela escola, além de apresentação de “histórias”, confecção de brinquedos, etc. Assim proporcionar que todos tenham acesso e conhecimento dessa temática que é fundamental para trabalhar com toda comunidade escolar.

 

AVALIAÇÃO:

A avaliação por ser um processo e não um fim, será feita por meio de observações no decorrer das propostas, participação e produções das crianças. Poderá ser feito registro de falas, atitudes e ações, além da postura e maneira de aceitação e argumento com adultos e colegas sobre a temática “Xô Racismo”.

 

 

 

 

 

Curso: Educação em Direitos Humanos – Desafio do Contexto Atual

Professora: Jacqueline Fernandes Rodrigues Castellini   RF.836179/7

EMEI Jardim Marília

DRE-ITAQUERA