Tarefa 6 – Curso EDH – Izane Alves dos Santos da Silva

Data

30 de julho de 2020

Cursista

Izane Alves dos Santos da Silva

Função

Professor de Educação Infantil

DRE / Unidade Educacional

Guaianases

Escola

CEI Conjunto Prestes Maia

Tema: Diversidade

Justificativa: Na Educação Infantil a criança vai aprendendo os diferentes
valores e compreendendo que cada pessoa é de uma maneira, mas que somos todos iguais. Iniciar na primeira infância um trabalho relacionado à diversidade é de extrema importância. Pois, trabalhar com a diversidade faz com que possamos construir uma sociedade mais empática e humana, baseada no respeito ao próximo.

Objetivo: lidar com a diversidade e ensinar as crianças a respeitarem e
valorizarem as diferenças. Afinal de contas, vivemos em uma sociedade
heterogênea.

Objetivos específicos: Valorizar as diferenças por meio de conversas, histórias e vídeos, despertar a imaginação e criatividade, trabalhar interação entre família e escola, trabalhar a autoestima nos alunos, estimular o respeito às diversas culturas e ao próximo.

Público alvo: Educação Infantil (Mini Grupo ll 3 a 4 anos).

Procedimento: Primeiramente, será pedido às famílias para contarem um
pouco a história de suas famílias, origens, religião, preferências e uma foto da família. Conforme as famílias forem trazendo suas histórias e fotos,
conversaremos sobre as histórias e as diferenças existentes em cada família,
origens e diferenças que cada uma tem. Para que assim, as crianças possam compreender que cada família é uma família e todos têm suas diferenças.

Após, essa vivência, no segundo momento será abordada em uma outra roda de conversa de forma simples e breve, questões relacionadas ao preconceito, discriminação (religião, idade, raça, gênero, racismo). Serão apresentadas imagens no data show de diferentes povos, culturas, raças, religiões. Sempre frisando a diversidade e a importância de respeitarmos todas as pessoas
independente de suas escolhas e preocupação com os outros.

No terceiro momento será proposta uma vivência de autoestima: “Caixa de tesouro”, em que será colocado um espelho dentro de uma caixa, o professor que dentro daquela caixa verão um tesouro, uma preciosidade. Aos poucos, será chamada uma criança de cada vez para olharem o que tem dentro da caixa. Quando as crianças abrirem a caixa e se enxergarem, o professor explicará que cada uma delas é um ser único e especial. E que. A turma unida fica mais diversa, mais rica e completa, cada uma com seu jeitinho.

No quarto  momento será proposto a de personalização de bonecos (cartolina, ou papel pardo) para cada criança. Serão entregues revistas, tintas, cola e canetinhas, as crianças personalizarão o boneco a sua maneira. Ao final da atividade, todos vão ter um boneco único. Em seguida, será feito um painel da diversidade, em que serão colados os bonecos, simbolizando a amizade e o respeito. Será realizada uma conversa com a turma para esclarecer dúvidas sobre o tema.

No quinto momento, na sala de vídeo, será explorado a animação infantil: “Shrek”, que é composto por cenas que refletem sobre a diversidade, o conceito de normalidade e os lugares que a sociedade julga estarem destinados para as pessoas que são consideradas diferentes, levando em consideração padrões estéticos e fúteis. Através dele, as crianças se identificam e pode-se trabalhar as diferenças. Será conversado sobre essas ideias com as crianças.

Nos sexto momento para se trabalhar a questão dos valores, será feita a dinâmica: “Feitiço vira contra o feiticeiro”. Como as crianças ainda não sabem ler e escrever, falarão no ouvido da professora o que gostaria que o colega ao lado fizesse e será anotado na lousa para que não esqueça. Porém, as crianças não sabem que elas que deverão realizar o desejo. Com isso, será ensinado que não podemos desejar para o outro aquilo que não queremos para nós.

No sétimo momento será lida a história: “Iguais”, autor: Ivo Minkovicius, que retrata a vida na terra é maravilhosa, principalmente porque ela é tão diversa e tão cheia de diferenças que cada segundo é uma surpresa. No mundo humano também é assim: até mesmo o que parece exatamente igual, olhando bem tem sua individualidade. Após, a leitura será conversado sobre a história e serão ouvidas suas opiniões.

No oitavo momento: com as fotos trazidas pelas próprias crianças e também imagens que trarão de casa de diferentes pessoas, será feito um mural e serão colocadas frases, palavras sobre a diversidade faladas pelas próprias crianças.

Recursos materiais: data show, espelho, livro, cola, tesoura, revistas, tintas, canetinhas, cartolina, papel pardo.

Duração: três semanas.

Avaliação: será realizada de forma contínua, através de observação diária e atenta das crianças. Serão feitos registros de falas, fotos e vídeos.