Tarefa 6 – Curso EDH – HUMBERTO DE CARVALHO AZEVEDO

Data

26 de junho de 2020

Cursista

HUMBERTO DE CARVALHO AZEVEDO

Função

Poed

DRE / Unidade Educacional

São Miguel Paulista

Escola

EMEF senador Lino de Mattos

INFORMÁTICA EDUCATIVA

PROFº HUMBERTO CARVALHO

TEMA: Direitos Humanos

CONTEÚDOS TRABALHADOS: reflexão, discussão e prática dos princípios apresentados na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

TEMPO DA SEQUÊNCIA:  3 aulas

MATERIAIS NECESSÁRIOS: Laboratório de informática, papel sulfite e canetinha

ORGANIZAÇÃO DA TURMA: dividir a turma em cinco equipes

DESCRIÇÃO DAS AULAS:

 

Jogo para reflexão sobre direitos humanos na sala de informática.

 

Através do jogo “Diário de Amanhã”, desenvolvido pelo Senac São Paulo e a associação Palas Athena, levarei o debate sobre direitos humanos para dentro da sala de aula. O recurso virtual usa situações cotidianas para propor a reflexão, discussão e prática dos princípios apresentados na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A ferramenta ajuda a debater o assunto de uma maneira leve e criativa, aproximando as discussões da realidade dos alunos, pois a Declaração Universal dos Direitos Humanos é um documento complexo, não é muito fácil transpor para uma situação cotidiana.

Antes de começar a atividade, vou dividir a turma em cinco equipes. Cada grupo pode criar um nome e fazer a escolha de um avatar, com opções que contemplam diferentes visuais, etnias, tons de pele e cabelos.

O jogo inicia com um vídeo explicativo sobre direitos humanos e, em seguida, as equipes devem responder perguntas em um formato de quiz. A sugestão da ferramenta é que os alunos façam placas em folhas de papel para mostrarem a opção escolhida em cada questão. As respostas são anotadas no jogo e vão somando pontos para os grupos, como uma espécie de gincana.

Na tentativa de estimular o engajamento dos alunos e trazer uma abordagem mais contextualizada, a segunda fase do jogo propõe uma sequência de 12 missões, em que são apresentadas manchetes fictícias que estariam nas capas dos jornais do dia seguinte. Com notícias ligadas à violações de direitos, como exploração sexual, bullying e discriminação, a tarefa dos jogadores é evitar que essas situações aconteçam. Para isso, eles devem selecionar alternativas com ações que atuam na defesa dos direitos humanos.

A ideia é mostrar que cada um pode contribuir de alguma forma para a melhoria de determinada situação.

Nesta fase não existem respostas certas ou erradas. Conforme cada grupo seleciona suas opções, eles somam pontos que ao final da atividade demonstram se eles atuaram como cientistas, ativistas, comunicadores, educadores ou juízes para contribuir com a solução do problema, mostrando que cada um pode contribuir de alguma forma para a melhoria de determinada situação.

O jogo está disponível para download gratuito através do link: http://www1.sp.senac.br/hotsites/blogs/diariodeamanha/, com funcionamento off-line. Para ter acesso ao Diário de Amanhã é necessário apenas preencher um cadastro na página da instituição.

Reprodução – Diário de Amanhã