Tarefa 6 – Curso EDH – Daniela Aparecida de Cacia Almeida

Data

24 de julho de 2020

Cursista

Daniela Aparecida de Cacia Almeida

Função

Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I/ Professora de Apoio Pedagógico

DRE / Unidade Educacional

Ipiranga

Escola

EMEF Joaquim Nabuco

Daniela Aparecida de Cacia Almeida – [email protected]

 “Mulheres importantes que mudaram a história”

Período de desenvolvimento: Durante todo ano letivo. Serie: 4º ano

Justificativa:

A ideia de desenvolver o projeto “Mulheres importantes que mudaram a história” surgiu de uma série de reflexões em conhecer histórias de mulheres em boa parte do mundo que fizeram expressivas contribuições à sociedade.

É função da escola contribuir na construção da identidade da criança, respeitando e valorizando o papel de cada um na sociedade, refletindo e se conscientizando para modificar as desigualdades de gênero.

Igualmente propiciar momentos harmônicos de convivência saudável, criativa e cooperativa, buscando combater o preconceito, promovendo a integração de todos.

Segundo Jacqueline Moraes Teixeira, a escola deve sim mediar, construir o processo e trabalhar sempre com as diferenças, não é só passar os conteúdos, é preciso reinventar e conhecer os diversos espaços de aprender, por isso é imprescindível estudar vários assuntos e em especial daquelas que muito nos ensinaram e/ou continuam ensinando.

Introdução:

Nem sempre as mulheres foram valorizadas e ouvidas em nossa sociedade, mas essa história começou a mudar há muito tempo. Um exemplo dessa mudança é o caso que aconteceu em 1875 quando as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve ocupando a fábrica para reivindicarem a redução da jornada de trabalho e igualdade salarial.

Essas mulheres foram fechadas na fábrica, atearam fogo matando cerca de 130 mulheres. Esse episódio, apesar de trágico, foi um importante marco para a luta das mulheres, pois em 1975 as Nações Unidas declarou o dia 08 de março como o Dia Internacional da Mulher. Assim, nesse dia comemora-se no mundo inteiro o dia de reflexão e de luta da mulher por seus direitos.

A mulher com sua luta constante foi resgatando seus direitos e ocupando lugar na sociedade se destacando na política, esporte, justiça e outros, assumindo cada dia mais sua independência social.

Através desse projeto, queremos conscientizar as crianças para a importância, força da mulher na sociedade e empoderar as meninas a conhecerem seus direitos e os reivindicarem toda vez que forem questionadas, sendo autoras da sua própria história.

Muito já se foi conquistado, contudo ainda há para ser modificado e nossas crianças podem ser as próximas pessoas a fazerem a diferença na história.

Objetivo Geral:

  • Proporcionar aos educandos a possibilidade de discussão e reflexão sobre as temáticas que envolvem a mulher, conscientizando-os sobre a importância da figura feminina, a sua participação na história e valorizando a atuação da mulher na sociedade moderna.

Objetivos Específicos:

  • Ampliar repertório de leitura e escrita das crianças;
  • Colocar os educandos em contato com a história de vida das mulheres no Brasil e no mundo que se destacaram por sua atuação em diferentes áreas;
  • Conhecer as diversas conquistas femininas, principalmente leis  que visam proteger a mulher;
  • Valorizar a atuação da mulher na sociedade e informar sobre os direitos da mulher;
  • Reconhecer e respeitar que diferentes sujeitos possuem percepções diferenciadas da realidade estejam eles inseridos no mesmo tempo e espaço ou em tempos e espaços diferentes.

Conteúdos:

  • Leitura e o desenvolvimento da Linguagem oral e escrita;
  • Construção de narrativas que deem conta da história de vida das diversas mulheres;
  • Reconhecimento das biografias das mulheres que se destacaram nas Artes, Ciências, Cultura, Esportes, Literatura e outros âmbitos sociais mudando a história do mundo.
  • Compreensão e respeito à diversidade individual, dos povos e das culturas no passado e no presente;
  • Redação de autobiografias;
  • Utilização de Recurso Digital: Vídeos do YouTube.

Metodologia:

  • Pesquisar, ler, conhecer, interpretar a biografia de mulheres que mudaram o mundo com suas diferentes trajetórias de vida;
  • Realizar entrevistas com as mulheres que convive e destacar a sua importância;
  • A partir de rodas de conversas socializar as entrevistas, leituras e pesquisas;
  • Assistir aos vídeos abaixo do YouTube:

Série: “Mulheres Fantásticas”

https://youtu.be/diKNYKVJnls (Amelia Earhat);

 

https://youtu.be/IufWv4430aA (Carolina de Jesus);

 

https://youtu.be/vnZjagn3W2o (Frida Kahlo);

 

https://youtu.be/oV0yDCwpQxU (D. Ivone Lara);

 

https://youtu.be/qYlQBztahiM (June Almeida);

 

https://youtu.be/aIUvH5b0A_8 (Malala);

 

https://youtu.be/DroSw74zqyA (Maria Quitéria);

 

https://youtu.be/JxJIA0PF6vg (Maria Sibylla Merian);

 

https://youtu.be/rWelqzXh7jo  (Marietta Baderna);

 

https://youtu.be/Q6KbS4kVdw (Yusra Mardini);

  • Discutir sobre os curtas, o que cada uma fazia e a sua importância, localizar os locais citados no mapa, por quais podem ter passado, ressaltar o quanto é importante entender os diversos momentos de vida e analisar as consequências, bem como melhores maneiras de respeitar a todos;
  • Ouvir músicas que destacam as mulheres;
  • Redigir a autobiografia;
  • Realizar Seminários sobre as diversas biografias conhecidas.

Produto final:

  • Para finalizar redigir um livro coletivo sobre os conhecimentos adquiridos, enfatizando a importância das mulheres e a diversidade cultural, expor nos corredores da unidade escolar e na Sala de Leitura.

Recursos materiais:

Televisão, músicas, computador, Xerox, papelaria em geral e outros que podem ser necessários, de acordo com o decorrer do projeto, mapa mundi, retroprojetor Datashow e vídeos do YouTube.

Avaliação:

A avaliação acontecerá em qualquer momento do processo educativo, de forma contínua e diagnóstica, com a intenção de rever a própria prática docente criando novas possibilidades para estimular os educandos a desenvolverem suas potencialidades levando em conta principalmente, os avanços individuais dentro da coletividade e a participação no desenvolvimento de todas as atividades (conforme as peculiaridades de cada um) no decorrer do projeto.

Bibliografia:

https://www.educacaoetransformacao.com.br/projeto-dia-da-mulher/

https://www.huffpostbrasil.com/2018/06/18/gina-vieira-ponte-a-professora-que-mostra-a-forca-das-mulheres-na-sala-de-aula_a_23446268/

http://respeitarepreciso.org.br/?gclid=Cj0KCQiAwP3yBRCkARIsAABGiPqCSUtvAmbZAXeysFELpQ5qbZcYYslYaYOcqFKH01k6KoDx12OSQaAhlsEALw_wcB

Frase pertencente ao Projeto.