Tarefa 6 – Curso EDH – Claudia Fernandes Brasileiro

Data

3 de agosto de 2020

Cursista

Claudia Fernandes Brasileiro

Função

PEI

DRE / Unidade Educacional

São Miguel Paulista

Escola

CEI Jardim Vila Pedroso

SEQUÊNCIA DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

“CONTRIBUIÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DE UMA CULTURA DE RESPEITO MÚTUO NO COTIDIANO ESCOLAR – IGUALDADE: GÊNERO E RAÇA”

Objeto de Estudo/ Intervenção: Construção de uma Cultura de Respeito Mútuo no Cotidiano Escolar voltado à Igualdade de Gênero e Raça

Gênero principal: Palestras do EDH – Desafios do Contexto Atual

Gêneros de apoio: Textos, imagens, canções, poemas e teatros de fantoches entre outros.

Diagnóstico: Respeitar o outro é tarefa que deve ser aprendida desde a infância, dentro da família, na escola e na sociedade. Neste contexto social, procurando contribuir para melhoras no ensino é preciso entender as necessidades de estudar sobre os direitos humanos, que é amplo e universal. Para isso faz-se necessário utilizar formas simples e atraentes para as crianças na educação infantil para que possam começar a entender seus direitos e deveres e o que deve fazer para que tenhamos uma sociedade mais justa. Transformando as atividades em um prazer para as crianças, é possível fazê-las entender o que é o respeito pelo outro e a importância dessa atitude na vida das pessoas. O envolvimento e a participação da família neste ambiente escolar nos dias atuais são considerados um componente importante para o desempenho das instituições de ensino, e para a aprendizagem da criança em sua vida escolar e no meio social. O ambiente escolar tem sem dúvida, uma função importantíssima no sentido de levar a criança a entender a vida e as formas de conviver com o outro, e por isso é importante que a família e comunidade escolar estejam atentas e acompanhem o desenvolvimento das crianças em todo o seu processo de aprendizagem.

 

Metas: Instigar o aluno, familiares e comunidade escolar a respeitar os outros e entender seus direitos e deveres através do estudo da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

 

Objetivos: Estudar o conteúdo da declaração Universal dos Direitos Humanos;  Estimular os alunos desde a infância a praticar o respeito pelos outros; Conduzir o aluno a construir sua identidade pessoal;  Incentivar o aluno a valorizar e respeitar a diversidade; Reconhecer valores como: amor, igualdade, ética, cidadania, solidariedade e respeito; Situar o aluno no presente, para que ele se sinta parte integrante da história.

 

Ações Planejadas: Inicialmente, será realizada uma apresentação do tema para as crianças e para a família, para que todos possam acompanhar o desenvolvimento e a proposta do projeto. Durante o ano letivo o tema será tratado de forma interdisciplinar com os eixos temáticos. A partir da leitura da Declaração Universal dos Direitos Humanos para as crianças serão desenvolvidos vários temas propostos pela professora ou pelos alunos, ou ainda assuntos que surgem diariamente que estão dentro da proposta do projeto, a partir dos assuntos serão realizados os trabalhos propostos.

As atividades serão realizadas em sala de aula virtual, por meio de plataformas a princípio decorrente deste momento de pandemia e de outros ambientes respeitando às necessidades individuais de cada família. Serão oferecidas tanto por gravações realizadas pelos professores, quanto por orientações direcionadas aos responsáveis por cada criança as seguintes atividades:   Leitura de textos informativos, histórias bíblicas, poemas, documentos, histórias infantis, filmes, releitura de obras histórias em quadrinhos e estudo da Declaração Universal dos Direitos Humanos;  Desenho livre relacionado aos temas ou histórias propostas;   Músicas, coreografia e atividades de desenho e escrita; Visitas virtuais a locais estratégicos;  Entrevistas, palestras, reuniões, fotos e vídeos; Músicas, teatro de fantoches, teatro e contos partindo do temas propostos; Cada aluno escolhera um livro em casa, que deverá ser lido em família para depois ser contada a história para os outros alunos na sala de aula virtual; Realização de atividades dos conteúdos listados nos eixos temáticos de forma interdisciplinar com o projeto; Trabalho artesanal.

 

Cronograma/Implementação: O projeto será realizado durante o ano letivo abordando as questões levantadas pelos discentes e propostas pelos docentes após o estudo da Declaração Universal de Direitos Humanos. As questões levantadas nesse estudo serão abordadas inicialmente com historias infantis, e a partir dessa atividade outras serão propostas como: Roda de conversa diária sobre assuntos atuais e importantes para as crianças: amor, família, escola, verdade, realidade, religião, amigos, história, músicas, brincadeiras, futuro e conteúdos dos eixos temáticos da educação infantil; Histórias Infantis variadas abordando temas da vida de cada um: Ética e respeito, família, cultura negra e outras, direitos da criança, gênero e raça, identidade pessoal, idosos, aparência física, deficientes, boas atitudes, diferenças no trabalho, reis e rainhas na antiguidade, bíblicas, conteúdos  e outras; Reprodução de histórias: Oralmente, através desenhos feitos pelos alunos, colagem, teatro, produção artesanal, músicas, escrita, cartazes, trabalho em grupo e brincadeiras que relacionam partes da história como sequência, personagens e outros assuntos; O aluno conta a história: a criança lê com o apoio da família e depois conta a história para os colegas, depois relata o que se pode aprender com aquela narrativa, a mesa de história traz histórias diferentes que serão contadas pelas crianças a partir da leitura dos desenhos; Confecção do Baú dos Direitos Humanos: elaboração de fichas com os trinta artigos da Declaração dos direitos humanos para que os alunos possam ler, entender, desenhar e depois realizar brincadeiras para melhorar o entendimento;  Confecção de placas com os Direitos das Crianças e placas com o tema “Ser criança é estar de bem com a vida” e desenho livre.

 

Obs: As pessoas são diferentes, portanto, é preciso entender que muitas atividades vão proporcionar o prazer em aprender para alguns e outros não. Para isso é preciso realizar diversas atividades para que todos possam aprender com prazer, e isso é muito importante na infância.

Para termos uma sociedade justa e organizada precisamos instruir os cidadãos atuantes do futuro para que possam exigir respeito e respeitar os outros.

 

Acompanhamento: Avaliação contínua.

 

Avaliação: Os resultados previstos com a realização deste projeto é uma conscientização por parte das famílias e o aprendizado das crianças no sentido de que devemos respeitar os outros e entender seus direitos e deveres através do estudo da Declaração Universal dos Direitos Humanos e atividades realizadas na escola.

Claudia Fernandes Brasileiro

RF: 7532938

DRE São Miguel Paulista