Tarefa 6 – Curso EDH – Amara Cristina Fonseca

Data

30 de julho de 2020

Cursista

Amara Cristina Fonseca

Função

Professora fund I

DRE / Unidade Educacional

São Mateus

Escola

EMEF Alceu Amoroso Lima

Amara Cristina Fonseca – [email protected]

Tema proposto

Desejamos promover a valorização das diferentes culturas inseridas em nosso contexto escolar com enfoque principal dos imigrantes que são cada vez mais frequentes em nossas salas de aulas, com este projeto queremos manter o diálogo entre os estudantes para que ambos conheçam e respeite diferentes culturas presentes em nossa Cidade, apresentando de forma coletiva diversas atividades para o conhecimento das culturas de nossos alunos, bem como suas festividades  populares, gastronomia  e línguas.

 

Objetivos/Resultados esperados

Me deparei com uma realidade dentro da escola na qual trabalho e percebi o aumento da presença de imigrantes nas escolas e isso me entristeceu muito como docente, pois observei o quanto fragilizado as crianças de outros países estão inseridos sem nenhum amparo educacional efetivo nas escolas, o quanto é difícil sua adaptação e aceitação perante ao grupo de alunos! Essa situação é claramente, uma vivência no contexto atual da nossa Cidade acho extremamente necessário e importante dialogar e aprofundar-nos sobre o assunto.

O objetivo deste projeto é refletir sobre os fluxos migratórios da Cidade em que moramos, observando as incidências que ocorrem dentro das unidades escolares, decorrentes dessa realidade social.

 

Justificativa

Pensar sobre as famílias que migram para a Cidade de São Paulo e como acolhe-los da melhor maneira possível em nossas Unidades Escolares. Apresentando aos alunos as diversidades culturais existentes visando o respeito e aprendizagem que cada cultura proporciona para todo o grupo. O projeto proposto deseja caminhar objetivando os princípios de equidade, nas dimensões de uma educação integral dos alunos com foco na educação inclusiva de todos os presentes no nosso cotidiano escolar, respeitando e valorizando as diversidade e diferenças de cada indivíduo.

 

Finalidade

Galgar esse estranhamento ao que é diverso, através do currículo estabelecido pela nossa rede de ensino visando o desenvolvimento de uma educação integral, a educação inclusiva e prevalecer a equidade de condições para todos os envolvidos no percurso educativo.

‘- EDUCAÇÃO INTEGRAL: Tem como propósito essencial promover o desenvolvimento integral dos estudantes, considerando as suas dimensões intelectual, social, emocional, física e cultural.

– EQUIDADE: Partimos do princípio de que todos os estudantes são sujeitos íntegros, potentes, autônomos e, portanto, capazes de aprender e desenvolver-se, contanto que os processos educativos a eles destinados considerem suas características e seu contexto e tenham significado para suas vidas. Assim sendo, buscamos fortalecer políticas de equidade, explicitando os direitos de aprendizagem e desenvolvimento, garantindo as condições necessárias para que eles sejam assegurados a cada criança e adolescente da Rede Municipal de Ensino, independente da sua realidade socioeconômica, cultural, étnico-racial ou geográfica.

– EDUCAÇÃO INCLUSIVA: Respeitar e valorizar a diversidade e a diferença, reconhecendo o modo de ser, de pensar e de aprender de cada estudante, propiciando desafios adequados às suas características biopsicossociais, apostando nas suas possibilidades de crescimento e orientando-se por uma perspectiva de educação inclusiva, plural e democrática.’
(SME/COPED, 2019, p.12)

 

Duração

24 aulas sendo realizadas duas aulas na semana

 

Avaliação

No decorrer de todo projeto o aluno será avaliado de forma integral, não será proposto avaliação formais e periódicas, mas sim seu desenvolvimento no tema, seu envolvimento no projeto em si.

 

 

 

 

 

Introdução

Trabalho em uma escola na zona leste de São Paulo devido a isso o público são muito carentes e aqueles com um pouco mais de condições acabam se vangloriando de alguma forma perante o restante do grupo dos outros alunos, não vejo em questão do racismo, mas sim a questão social é bem forte, pois como estamos na periferia, vimos nos depoimentos e nas Lives a grande maioria da regiões periféricas são alunos negros, mestiços, estrangeiros e sinto que os bolivianos são os que mais sofrem preconceitos na minha escola. Pelo menos hoje é minha vivência na escola que leciono, pois sua vulnerabilidade social é maior que os demais, muitas vezes seus costumes não são aceitos pelo grupos do nosso país e são rejeitos visivelmente.

Iniciamos um trabalho com estudo da língua da aluna, ela é convidada todos os dias para nos ensinar duas palavras em Espanhol, palavras estas em contexto com nossa aula do dia, percebemos que os alunos já começaram a se aproximar da aluna.

Com a chegada da pandemia não pudemos dar continuidade mas o projeto é dar continuidade nos estudos da vida na Bolívia:

 

Etapas a serem trabalhadas nas próximas aulas:

 

1º Momento:

  • Pesquisa de Mapas da América do Sul;
  • Países que fazem fronteiras com o Brasil e com a Bolívia;
  • Capitais dos Países;

Utilizando multimídias disponibilizados na U.E iremos realizar um panorama dos países que fazem fronteira com o Brasil.

 

2º Momento:

 

Estudo da bandeira da Bolívia e seus significados bem como o estudo de nossa bandeira

 

3º Momento:

 

Estudo da culinária do pais: em parceria com a mão da aluna iremos promover um momento de culinária em nossa escola com os pratos típicos do pais. Inicialmente realizamos um estudo da alimentação, agricultura da região e finalizar com apreciação de alguns pratos que conseguimos realizar em nossa região, devido aos ingredientes serem de fácil acesso.

 

Oportunizaremos as trocas entre os alunos com observações dos ingredientes, bem como as semelhanças em nossas alimentação aqui do Brasil e pratos semelhantes que temos em nossa culinária brasileira.

 

4º Momento:

Neste momento teremos a oportunidade de conhecer através de vídeos utilizando a multimídia da U.E pontos turísticos da Bolívia.

1.    La Paz, descobrindo os encantos da maior cidade da Bolívia – Volta ao Mundo N º044

https://www.youtube.com/watch?v=U8XcaYLAp_4

 

2.    Los 10 Mejores Lugares Turísticos De Bolivia

https://www.youtube.com/watch?v=apguAxO8Vcs&t=171s

 

3.    Bolivia un país increíble | Hasta pronto amigos!!!

https://www.youtube.com/watch?v=i73QqmJ3_rQ

 

 

5º Momento:

Iremos conhecer alguns artistas e suas características, tendências de artistas Bolivianos. Além da apreciação iremos propôs releitura de obras famosas destes artistas estudados. Foco no artista Roberto Mamani Mamani

 

Bolivia Express: cinco artistas plásticos desembarcam em galerias de Miami

https://www.extend.com.bo/exposicion-bolivia-miami/

 

Estudo aprofundado do artista: Roberto Mamani Mamani, pintor boliviano de origem aimará.

https://www.latam.com/vamos/pt_us/artigos/na-estrada/arte-boliviana-mamani-mamani/

Mamani Mamani, ele usa da simbologia indígena em telas, esculturas e fotografias, representando raios,  animais e entidades. Sua obra também traz cores, muitas cores, que saltam ainda mais aos olhos na luminosidade intensa de La Paz.

 

 

 

Obras:

 

 

6º Momento:

Entrevista/filmagem com o pai da aluna com perguntas e curiosidades dos alunos levantadas previamente. Edição da entrevista para publicação em nossas redes sociais.

 

Perguntas e curiosidades:

  • Infância
  • Vida na Bolívia
  • Vinda para o Brasil
  • Emprego no Brasil
  • Preconceito por ser estrangeiro
  • Família e adaptação
  • Filhos e escola
  • Perspectivas/realidade

 

7º Momento:

Ciência/ religiosidade:

 

CRÂNIO DE VERDADE VIRA OBJETO DE DECORAÇÃO NA BOLÍVIA

13 Nov 2016

Em um lugar da Bolívia, ter um crânio em casa é a coisa mais normal do mundo

https://globoplay.globo.com/v/5446494/

 

8ª Momento:

Finalização do projeto:

Apresentação da entrevista, bem como o acervo de fotografias de todo o projeto e releituras das obras bolivianas.

https://globoplay.globo.com/v/5446494/

https://www.latam.com/vamos/pt_us/artigos/na-estrada/arte-boliviana-mamani-mamani/

https://www.extend.com.bo/exposicion-bolivia-miami/

https://www.youtube.com/watch?v=U8XcaYLAp_4

https://www.youtube.com/watch?v=apgu

PÁGINA 1 do Projeto

PÁGINA 2 do Projeto

PÁGINA 3 do Projeto

PÁGINA 4 do Projeto

PÁGINA 5 do Projeto

PÁGINA 6 do Projeto

PÁGINA 7 do Projeto

PÁGINA 8 do Projeto