Tarefa 6 – Curso EDH – Aguinaldo Araujo dos Santos

Data

5 de julho de 2020

Cursista

Aguinaldo Araujo dos Santos

Função

Professor de Educação Infantil

DRE / Unidade Educacional

Capela do Socorro

Escola

CEU CEI NAVEGANTES

Nome: Aguinaldo Araujo dos Santos

Cargo: Professor educação Infantil 

Unidade Exercício: CEU CEI Navegantes

E-mail: [email protected]

 

Proposta: Brincadeira com materiais não estruturados e diversas ervas aromáticas, com o objetivo de se trabalhar questões de diversidade e gênero com crianças de 2 a 3 anos na educação infantil.

 

Justificativa e Finalidade: Entendo que um dos principais papéis do professor é combater qualquer forma de discriminação, dentro desse contexto são diversos os questionamentos da figura masculina em um espaço na qual a nossa sociedade prega como exclusividade feminina. Por diversas situações sou questionado sobre a minha atuação na educação infantil. Os motivos pelos quais os homens são minoria já foram bastante discutidos e se baseiam em dois equívocos. O primeiro é a ideia de que o único papel da Educação Infantil é o de prover cuidados. Desde a Constituição Federal de 1988 e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), o segmento se consolidou como parte importante da Educação, em que tanto as ações de cuidado (como alimentação, trocas de fraldas) quanto outras atividades pedagógicas são fundamentais. O segundo equívoco é considerar que apenas as mulheres podem desenvolver os cuidados. Temos que mudar essa visão de sociedade, os homens também precisam se envolver nas rotinas das famílias, na Educação Integral das crianças, em casa e nas instituições escolares. Assim essa proposta vem da necessidade em se criar espaços lúdicos que possibilitem as crianças vivenciarem os diversos papéis da nossa cultura e sociedade sem distinção de gênero.

 

Faixa Etária: Está proposta se destina a crianças de 2 a 3 anos pertencentes ao MGII do Ceu Cei Navegantes.

Objetivos e Finalidade: Organizar espaços onde as crianças possam vivenciar diferentes papéis da nossa sociedade. Privilegiar as interações sem distinção de gênero.

 

Desenvolvimento: A proposta será desenvolvida no espaço externo do CEI Navegantes. Algumas mesas com toalhas serão colocadas nesse espaço, com diversas panelas e frigideiras com colheres de pau, e dispostas diversas ervas para as crianças sentirem o aroma e desenvolverem as brincadeiras. Essa atividade será desenvolvida logo após a colação no espaço externo do CEI com duração de aproximadamente 40 minutos. Com esta proposta tenho a intencionalidade de que todas as crianças possam brincar e criar brincadeiras livremente sem separação de meninos e meninas, levando-os a compreender que tais dinâmicas são necessárias para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

 

Avaliação e Possibilidades: A avaliação será continua e construtiva, com possibilidades de adequações de acordo com os resultados observados, e ampliação desta proposta com outras turmas, principalmente de crianças que compõem o berçário, ampliando as vivencias com outras faixas etárias.