VIVEMOS UMA DEMOCRACIA NA ESCOLA?

Homepage Fóruns Assuntos Gerais Aula 6 – Práticas democráticas na escola VIVEMOS UMA DEMOCRACIA NA ESCOLA?

Visualizando 4 posts - 1 até 4 (de 4 do total)
  • Autor
    Posts
  • #13375

    BEM, QUANDO NO VÍDEO A FORMADORA CRISLEI CUSTÓDIO PROPÔS ESSA REFLEXÃO, REALMENTE ME COLOQUEI A PENSAR SOBRE A DEMOCRACIA FORA DO AMBIENTE ESCOLAR E DENTRO DELE. REALMENTE, ESTA É UMA QUESTÃO MUITO COMPLEXA.
    NA ESCOLA, VEJO CLARAMENTE A AUSÊNCIA DA MESMA, POIS TUDO É GERALMENTE IMPOSTO AOS ALUNOS E SEUS FAMILIARES. REGRAS SÃO CRIADAS E NÃO HÁ UMA DISCUSSÃO COM OS ALUNOS SOBRE A CRIAÇÃO DE TAIS REGRAS E ACORDOS. ASSIM, CAÍMOS NA QUESTÃO DO CURTA “O DIA EM QUE DORIVAL ENCAROU O GUARDA”, QUEM CRIOU ESTA IMPOSIÇÃO? POR QUAL MOTIVO E INTENÇÃO FOI CRIADA? ISSO TBM ME FEZ REFLETIR SOBRE NOSSAS IMPOSIÇÕES NA ESCOLA.
    POR OUTRO LADO, NA FALA DE CRISLEI: “NA DEMOCRACIA HÁ QUE TER ESPAÇO PARA O CONFLITO, O DIFERENTE. NÃO É O REGIME DA MAIORIA.”…”REGIME DA MAIORIA É UM REGIME OPRESSOR DA MINORIA.”
    NA PRIMEIRA FALA, ACHEI BASTANTE INTERESSANTE E CONCORDO , MAS COMO AGIR, TOMAR UMA DECISÃO SEM DESAGRADAR A MINORIA? ESSA É UMA QUESTÃO QUE CONFESSO FICAR INQUIETA E DUVIDOSA. COMO AGIR?

    #13386

    O curso está muito em consonância com o que temos vivido na escola durante este trabalho remoto de tempos de quarentena. Em nossas reuniões de jeif temos tido inúmeros debates e estudos a respeito do direito às diferenças, o combate ao racismo e o respeito a diversidade étnico-racial, por exemplo.

    Digo que estes debates virtuais não tem sido momentos fáceis, uma vez que na pluralidade de opiniões e vivências de cada uma das professoras, há os conflitos, tão inerente às relações humanas mas que geram, por vezes, desgastes emocionais.

    Nestes debates tenho pensado muito sobre o que é a democracia, e se de fato a vivemos na escola. Se a democracia traz inúmeras fragilidades, como comentado, me pego cheia de dúvidas, como a colega acima, sobre como construir este espaço na escola. Quando ouço falas que ferem as minorias, justificadas como “mas esta é minha opinião”, penso muito sobre como podemos avançar neste argumento.

    Com absoluta certeza de que a democracia tem por princípio garantir voz e vez a todos, mas sem que esta opinião não esteja embutida de preconceitos e discriminações. Se a democracia pressupõe a participação, precisamos garantir no debate a responsabilidade e o compromisso indiscutível com princípios de igualdade de direitos e justiça.

    #13409
    Rogê Carnaval
    Moderador

    Olá cursistas!

    Os pontos ressaltados são de extrema importância. Elaine encerra sua reflexão questionando: como agir?

    Essa certamente não é uma questão simples, mas podemos esboçar aqui algumas ideias.

    Um aspecto que creio que faz muito sentido refletirmos profundamente é em relação a como pensamos as regras. Por vezes, nem sempre sabemos de onde elas vem, e seguimos e/ou impomos que sejam seguidas sem grandes reflexões sobre suas origens, e principalmente, seu SENTIDO.

    Assim, vale a pena pensarmos em como dotá-las de sentido. E um passo importante é convidar a todos na formulação das regras, e na importância de que todos pratiquem-nas. Esse pode ser um bom ponto de partida!

    Obrigado pelas contribuições!

    um abraço
    Rogê

    #13508

    OBRIGADA ROGÊ.
    MUITO BOM ESTAR PARTICIPANDO DO CURSO.

Visualizando 4 posts - 1 até 4 (de 4 do total)
  • O fórum ‘Aula 6 – Práticas democráticas na escola’ está fechado para novos tópicos e respostas.