Mapeamento

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 17 do total)
  • Autor
    Posts
  • #11816
    Cristina Vital Mayer
    Participante

    Sem dúvida o Mapeamento é o primeiro passo a ser feito dentro e fora da escola. Só assim serão encontrados os problemas e suas possíveis soluções.

    #11822
    Natalia Ribas Costa
    Participante

    O mapeamento é indispensável, para alcançar a equidade, mapeando poderemos encontrar os possíveis erros e as soluções para cada situação dentro e fora da escola. As respostas que o mapeamento nos trará sem dúvidas serão uma visão do que estamos vivendo.

    #11833

    Mapeamento

    Dentro de uma instituição de ensino, o mapeamento pode ser considerado como um estudo daquele espaço, para que possíveis intervenções ocorram. Nesse caso, ressalta-se o trabalho coletivo da escola, pelo qual todos os sujeitos obtém papéis ativos perante suas ações. Mapear é verificar qual o contexto em que os sujeitos estão, e quais as possibilidades da escola em trabalhar com a realidade, superante desafios, trabalhando para uma educação mais emancipadora.

    #11851

    Boa Tarde a Todos!
    Realmente, para a elaboração de um Plano de Ação é indispensável o mapeamento para refletir onde é preciso um plano de intervenção. Nós educadores já estamos acostumados a fazer isso, logo no início do ano já fazemos as investigações prévias para elaborar um plano de ensino que busque contemplar a todos. Por isso o mapeamento é de grande importância!!
    Até mais..

    #11868

    Entregar a carta no endereço certo, assim como nos demonstra o episódio assistido, se faz necessário mapearmos nossos espaços e descobrirmos olhares diversos a respeito : o que nossa criança vê em seu espaço na escola pode nos ser um material interessante para mapearmos o olhar e olhares de nossos sujeitos de direitos…
    Uma vez o diálogo posto aos nossos grandes pequenos ( refiro me aqui ás crianças descobridoras da Educaçâo Infantil ), que elas possam ser ouvidas e consideradas a respeito do espaço que ocupam e pertencem e, a partir daí, uma vez o mapeamento individual de cada criança se construa coletivamente em um documento a ser compartilhado com a escola inteira e, novos mapeamentos possam surgir a partir dos olhares deles ( das crianças nossas ).

    #11907
    DIEGO LEITE BRAGA
    Participante

    Pensar em mapeamento é pensar sobre contextos de convivência, seguindo a organização e metodologia do módulo, essas ações podem ocorrer desde uma comunidade (episódio “correio” – Cidade dos homens), até espaços mais específicos, como a escola, por exemplo. Partindo desse pressuposto, o mapeamento torna-se um instrumento bastante potente e essencial para fomentar práticas e intervenções significativas no contexto escolar, almejando identificar segmentos a serem refletidos e ressignificados por todos os que ali interagem e convivem. Além disso, é importante ressaltar a afirmação da formadora Celinha Nascimento: “Os campos de análise não são caixinhas isoladas, eles se integram e relacionam concomitantemente…”, com isso, enquanto professores, precisamos visualizar e favorecer essas articulações com intencionalidade, buscando reconhecer os estudantes como pessoas de direitos e possibilitando um diálogo horizontal, no qual, todas as vozes e reflexões tenham espaço para contribuições e ressignificados ininterruptos…

    #11910

    É preciso conhecer para tomar decisões, identificando os problemas da escola, assim como suas potencialidades vamos tendo uma melhor comunicação.

    #11916

    Falar em mapeamento escola, pensando no contexto de isolamento social, é uma tarefa que exige urgência e um olhar sensível as demandas de nossa comunidade e do nosso território. Esta semana recebemos o desafio de pensar em um “Plano para a Continuidade das Atividades Escolares”, partindo de um questionário norteador. Como são inúmeras as demandas tanto da comunidade quanto dos profissionais em plantões presenciais ou em teletrabalho, pensei em um mapeamento inicial baseado em alguns aspectos relevantes inicialmente identificados.

    A equipe da escola em que trabalho tem se esforçado, em diferentes frentes, para fortalecer os vínculos com a comunidade e fomentar um diálogo com as famílias em nosso território. neste esforço é importante ressaltar que tanto a equipe gestora quanto o quadro de apoio das escolas da nossa rede permanecem com os plantões presenciais, mantendo rodízio para o atendimento as famílias e preocupando-se com demandas que, muitas vezes, não fazemos ideia de o quão complexas possam ser. Em minha escola este atendimento ocorre seguindo as orientações, preferencialmente por telefone, mas também dispondo de cartazes e demais mecanismos de comunicação visual.

    São inúmeras as angústias e necessidades das famílias que vão desde questões financeiras à preocupações com o desempenho escolar das crianças, mesmo considerando que nossa escola atende a Educação Infantil.

    Nos últimos meses, tivemos um exponencial crescimento de acessos e visualizações em nossas redes sociais, que extrapolam nosso território. Temos recebido, com muito carinho e com a escuta muito ativa, as angústias e necessidades de nossa comunidade. Infelizmente sabemos que os problemas enfrentados por essas famílias vão além do que a escola pode sanar, no entanto, esta escuta ativa e qualificada e a disposição de nossa equipe em amparar, acolher e orientar as famílias por telefone e pelas redes sociais tem se mostrado um exercício de cidadania em busca da facilitar a garantia de direitos das crianças e suas famílias.

    Neste sentido, o exercício de escuta as especificidades de nossa territorialidade e as demandas de nossa comunidade configura-se como o início de um mapeamento que, com certeza, nos servirá para fundamentar nossas ações em busca de melhor atender ás nossas crianças.

    #11945

    O mapeamento é uma ferramenta que pode ser utilizada nas escolas, podendo mostrar quais são os problemas locais.
    Com o mapeamento podemos levantar estratégia de mobilização.

    #12069

    Boa Tarde!
    Como é importante o mapeamento dentro da escola, mesmo não sendo um trabalho fácil,vemos que neste momento de pandemia, estão utilizando esses mapeamentos para enviar o material para as crianças, traçar estrategias que venha a garantir a alimentação da criança e de sua família.

    #12089

    Boa noite!
    Mapear os lugares é fundamental para que possamos entendê-los. E em tempo de Pandemia, percebemos que o mapeamento das reais condições de cada comunidade escolar, por parte dos governantes, foi pouco articulado. No entanto, os professores, gestores e demais profissionais das escolas estão constantemente dialogando com a comunidade para melhor entender suas realidades e alcançar suas crianças e as famílias.

    #12099

    A aula 3 foi de grande enriquecimento no que tange aos aspectos de mapeamento. Como foi exemplificado nos vídeos e textos ele serve como forma de identificar as diferenciações sociais e geográficas de determinadas regiões. Sendo assim, após a mensuração os dados servem como mecanismo para traçar estratégias visando a melhoria na qualidade de vida dos autóctones. Tal conceito ficou claro no episódio: A carta, do seriado, em que o serviço de correio não era eficiente para os moradores e foi necessário uma intervenção de alguém que tinha o mapeamento real da comunidade. Sem duvida é uma ótima ferramenta pensando na qualidade e consecutivamente na contemplação dos diretos humanos.

    #12113

    Honoria da Silva Costa- Dentro da Educação Infantil, trabalha- se a linha de tempo, onde as diversas atividades são distribuídas pelos espaços escolares da melhor maneira possível, objetivando o ensino- aprendizagem e a socialização através do brincar.O mapeamento e a discussão conjunta dos educadores e comunidade, quanto a ocupação espacial é de fundamental importância. Em tempos de pandemia, os educadores na escola, em contatos telefônicos ou em outras formas de atendimento realizaram levantamentos criando estratégias de atendimentos ás famílias e crianças, para que o material pedagógico e outras necessidades chegassem até estes, levando- se em consideração a real acessibilidade destes a todas as informações necessárias.

    #12187
    Letícia Goncalves
    Participante

    A Aula 4 foi enriquecedora. Realmente o mapeamento subsidia o diagnóstico necessário à avaliação, identificando informações para melhorar as decisões do processo de ensino e de aprendizagem, e também melhorar o resultado do próprio planejamento e desenvolvimento das aulas, bem como a melhoria nos processos de gestão.

    #12202

    Hoje o nosso presidente da República busca não divulgar os dados sobre os crescentes casos em decorrência do corona vírus, dificultando possíveis mapeamentos que poderiam colaborar no combate ao problema, como atuar em situações assim, onde percebemos que quem gere toda uma nação deveria, mas não colabora para esse mapeamento? Podemos transferir essa atuação para escolas, onde pode ter gestores que se posicionam contra esse mapeamento, como se não quisesse resolver problemas, o que fazer uma vez que o mapeamento precisa ocorrer com a participação de um grupo, mas que pode se sentir coagido em não fazê-lo?

Visualizando 15 posts - 1 até 15 (de 17 do total)
  • O fórum ‘Aula 3 – Mapeamento’ está fechado para novos tópicos e respostas.