Conversando sobre o Texto de Maria Victoria Benevides:

Homepage Fóruns Assuntos Gerais Aula 1 – Direitos Humanos e Educação em Direitos Humanos Conversando sobre o Texto de Maria Victoria Benevides:

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Autor
    Posts
  • #13238

    A partir da leitura entendo que podemos definir a educação em direitos humanos como a educação que considera a essência do ser humano, sua razão e a emoção, a humanidade presente neste ser indivisível e interdependente, social por natureza. A educação em direitos humanos precisa partir de que somos seres humanos integrais. Formar o cidadão em direitos humanos implica educar para a cidadania, praticar uma educação democrática,desenvolver sentimentos e atitudes de cooperação e solidariedade,educar para a formação de uma consciência universal, educar para a formação de personalidade autônoma, intelectual e afetiva, fomentar através da promoção e da vivência dos valores de liberdade, justiça, igualdade, solidariedade, cooperação, tolerância e da paz a cultura de respeito a dignidade humana. É necessário educar de modo a almejar um cidadão participativo, crítico, responsável, comprometido, solidário, consciente dos seus direitos e deveres, capaz de se perceber , perceber as consequências pessoais e sociais de cada escolha, daí o resultado de um cidadão capaz de transformar a sociedade, capaz de julgar, escolher, tomar decisão, ser responsável e exigir direitos individuais e coletivos, respeitar, de criar, influenciar, compartilhar e consolidar mentalidades transformadas, provocar mudança cultural onde o respeito à dignidade humana seja exercida e vivenciada por todos e para todos. Cabe ressaltar, que segundo a autora a educação em direitos humanos não pode ser transmissão de valores ou instruções, mas deve ser continuada, inculcar valores, provocar mudança, ser compartilhada por todos os envolvidos no processo educacional.

    De acordo com minha leitura os princípios fundamentais para uma educação em direitos humanos deve ter como princípios; direito a vida, direito a liberdade, solidariedade, igualdade, fraternidade, direito a democracia, enfim, direito a vida com dignidade.

    Quando reflito sobre todos estes desafios, que não são novos para mim, afinal todos os anos quando revisitamos e reformulamos os Projetos Políticos Pedagógicos deparamo-nos com todos estes princípios em nossas intenções na formação de nossas crianças, adolescentes e adultos, porém quando olhamos para o nosso meio nos deparamos com a realidade contrária. Nos dias atuais, não só carregamos todas as marcas históricas como continuamos com estas práticas citadas pela autora, é nossa marca ser preconceituosos, discriminadores, não aceitarmos as diferenças e o direito de todos. A própria autora encerra afirmando que é possível uma educação capaz de promover transformação, mudança da cultura. Como garantir mudanças no chão da escola que nos farão trilhar este caminho? No discurso as respostas podem ser maravilhosas…mas estamos vestindo essa bandeira? queremos de fato ser agentes de transformação?

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • O fórum ‘Aula 1 – Direitos Humanos e Educação em Direitos Humanos’ está fechado para novos tópicos e respostas.