1. MAPA DOS SONHOS PARA A ESCOLA
 
1. MAPA DOS SONHOS PARA A ESCOLA

A implementação do Projeto Respeitar é Preciso! aqui proposta vai percorrer um caminho que começa compartilhando valores e sonhos relativos ao respeito como algo que permeia o convívio escolar. Ao identificar esses sonhos, refletir sobre eles e buscar a integração de desejos de cada um, será possível estabelecer onde se quer chegar nesse processo de Educação em Direitos Humanos em cada escola e criar um coletivo de sonhos. Nesse projeto, é permitido sonhar…

Providenciar

– Fichas de papel, papelão ou cartolina em cores diferentes
– Canetas coloridas
– Pedaço de TNT do tamanho de uma lousa aproximadamente, ou outro material de suporte para prender as produções do grupo (fotos, registros, avisos etc.)
– Cola em spray, fita dupla face ou outro material para fixar, que permita mudar os itens de lugar para rearranjar o mural quando desejado
– Máquina fotográfica

Atividades
repeitarepreciso-atividades-discriminacao1. Compartilhar sonhos que gostariam de ver realizados no cotidiano escolar para que a escola seja mais acolhedora. Se um sonho seu para a escola pudesse se realizar, qual seria ele?

2. Coleta de sonhos – Cada participante recebe duas fichas, cada uma de uma cor. A proposta é escrever, numa das fichas, o sonho de longo prazo para a sua escola. Nas fichas de outra cor, cada um vai escrever um sonho a curto prazo, o que é mais importante e que pode acontecer logo para incentivar o respeito mútuo no convívio escolar. (Tirar fotos das pessoas trabalhando nos seus sonhos.)

É interessante colar os sonhos num mural/painel na parede, desde que seja possível utilizar canetas ou giz. (Tirar foto do mural, para manter como registro. Esse registro será utilizado mais adiante, no momento da elaboração do plano de ação.)

3. Estabelecendo relações entre os sonhos – Depois da coleta dos sonhos e da confecção do mural, olhar as fichas e propor formas de agrupá-las por semelhança,dependência, correspondência, prioridade etc., podendo traçar uma seta para unir os sonhos, indicando a relação entre estes. (Tirar fotos desse novo estágio do mapa.)

4. Sonho coletivo – Parar e olhar novamente o mural/painel. Esse é um mapa coletivo de sonhos dessa escola. E agora, olhando para esse conjunto, é possível encontrar um sonho coletivo? Debater e registrar o sonho coletivo no mapa coletivo de sonhos. (Tirar fotos de mais esse estágio do mapa.)

Finalização

Definir dois ou três integrantes do grupo para fazer um painel com as fotos, abrangendo tudo o que foi produzido, de modo que o mapa final fique claro e legível.

Elaboração da vivência

Falar uma palavra que resuma a sensação de compartilhar os sonhos e olhar para o mapa de sonhos.
Reflexões individuais: Há algum sonho que não tive coragem de assumir no coletivo? Qual é? Por quê? O que precisaria acontecer para me dar coragem de assumir esse sonho?


Bibliografia