Etapa 4. Plano de ação: é hora de agir
 
Etapa 4. Plano de ação: é hora de agir

“(…) a ideia de um ambiente educacional promotor dos Direitos Humanos liga-se ao reconhecimento da necessidade de respeito às diferenças, garantindo a realização de práticas democráticas e inclusivas, livres de preconceitos, discriminações, violências, assédios e abusos sexuais, dentre outras formas de violação à dignidade humana.”
Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos

Como toda educação, a EDH exige que os educadores concretizem suas intencionalidades em ações. E essa não é uma tarefa individual, isolada. Educar é prática coletiva.

Uma vez realizado o mapeamento proposto na parte IV, chegou o momento de a escola planejar os próximos passos para concretizar as mudanças que almeja. Esse momento será o de definir prioridades com base no que foi analisado até aqui, criar estratégias, atividades e se organizar para fazer com que o respeito mútuo se instaure como um valor nas diferentes instâncias da vida escolar.


Bibliografia