5. Encontros: espaços e tempos
 
5. Encontros: espaços e tempos

Para esse projeto acontecer, é necessário dedicar-lhe tempos e espaços, como as atividades formativas apresentadas a seguir.

Encontros do grupo dos mobilizadores: Durante todo o trabalho, mantém-se uma sistemática de encontros com os mobilizadores e gestores, ação coordenada por educadores do Vlado Educação com o objetivo de orientar o trabalho e promover a troca de experiências entre as escolas. Os gestores (diretores e coordenadores pedagógicos) também são convidados para esses encontros, e sua participação tem um impacto bastante positivo no desenvolvimento do Projeto na escola.

Encontros dos grupos/coletivo na escola: É na escola que o Projeto se desenvolve de verdade, por meio de análises e de reflexões compartilhadas das situações vivenciadas, do levantamento das questões prioritárias, da identificação das potencialidades de ação e da busca dos melhores encaminhamentos. É possível realizá-las nos horários de Jeif, PEA, reuniões do Conselho e outros, assim como criar momentos específicos, de acordo com a realidade de cada escola. Qualquer que seja a opção, o fundamental é que haja sistematicidade, que essa organização possibilite o desenvolvimento processual do Projeto, uma vez que cada etapa cria as condições para a realização da etapa seguinte e as atividades se articulam entre si.

repeitar-preciso-familia-responsabilizar-encontro-escolaAssim, as escolas precisam criar grupos que envolvam os integrantes de toda a comunidade escolar. Esses grupos funcionam como espaços para os quais as questões vividas na escola e pela escola sejam trazidas para que sejam submetidas à reflexão conjunta e à tomada de decisões, sempre que necessário. Podem surgir demandas de encontros de grupos por função, (por exemplo, professores e profissionais de apoio) para amadurecer e discutir questões específicas, mas é sempre importante lembrar de fazer a integração com o grupo que representa toda a comunidade escolar.

Encontro para assessoria local do Vlado Educação: Para garantir sustentação ao Projeto e apoiar mudanças importantes nas práticas estabelecidas, é importante haver uma interlocução externa que ajude a ampliar o olhar e entender questões, tomar decisões, garantindo um forte elo de sentido entre o processo de formação e o contexto de atuação. Os educadores do Vlado Educação fazem o acompanhamento das especificidades do Projeto em cada escola.
Encontros de interlocução com os técnicos das DRES: Estão previstos encontros entre o formador do Vlado Educação e os técnicos de cada DRE envolvida no Projeto para análise do andamento do Projeto nas escolas, esclarecimentos, troca de informações e sugestões sobre eventuais ajustes e/ou ampliação das ações.

Periodicidade sugerida para as ações formativas

repeitar-preciso-igualdade-discriminacao-desenvolvimento


Bibliografia